"

“Segundo Sol”: Conheça a história da nova novela da SIC

Segundo Sol

Segundo Sol

“Segundo Sol” estreia na próxima segunda-feira no horário deixado por “O Outro Lado do Paraíso” que tem o último episódio emitido amanhã.

Recomeçar. Reconstruir. Refazer. Ou desfazer, desconstruir, começar de novo. Essas ações poderiam conduzir as vidas de Beto Falcão (Emílio Dantas), Luzia (Giovanna Antonelli) e muitos outros personagens da próxima novela da SIC, “Segundo Sol”.

Ambientada na Baía, entre Salvador e a fictícia Boiporã, a história de João Emanuel Carneiro traz duas fases separadas por 18 anos. E é justamente o tempo que vai dar o pontapé para que as personagens se movam e busquem os seus objetivos de forma ativa, sem esperar que o destino decida por eles.

O início: entre 1999, 2000 e 2001

Salvador, fim dos anos 90. O axé embala o Carnaval da Baía – sempre! Só que quem está em plena decadência é Beto Falcão, que teve o sucesso “Axé Pelô”, hit que fez cantar um país inteiro em 94.

Agora, o dinheiro vem devagar. E para pagar parte das dívidas da família, aceita fazer uma pequena apresentação em Aracaju. Numa maré de azar – que salvará sua vida -, Beto perde o voo e a apresentação. O avião que ele apanharia cai, e o cantor é dado como morto.

A comoção é nacional. Do fracasso, Beto Falcão reencontra a fama, mas dessa vez na categoria de mito. Em segredo, vê sua imagem ser ovacionada e os problemas financeiros da família se solucionarem.

Convencido pela namorada, Karola (Deborah Secco), cujo romance não anda muito bem, e pelo irmão interesseiro Remy (Vladimir Brichta), de que se manter “morto” é a melhor opção, ele deixa a cidade e refugia-se na ilha de Boiporã.

Já em Boiporã, o protagonista assume nova identidade e apaixona-se pelo amor da sua vida: Luzia. A bela marisqueira, que cuida sozinha do casal de filhos pequenos Ícaro (Thales Miranda/Chay Suede) e Manuela (Rafaela Brasil/Luisa Arraes), corresponde aos sentimentos de Miguel – como Beto se apresenta.

Em poucos dias de convivência com o novo vizinho, que alugou a casa de Cacau (Fabiula Nascimento), irmã de Luzia, a marisqueira está encantada com Miguel e vice-versa.

Os filhos dela também se apegam ao forasteiro e consideram-no um pai. Esse amor que faz Luzia viver momentos de intensa felicidade também será fonte de muita tristeza após a chegada de Karola à ilha. Vítima de armações elaboradas por Laureta (Adriana Esteves), a grande mentora de Karola nos planos para afastá-la de Beto, Luzia será obrigada a fugir do Brasil com o amigo Groa (André Dias) e abandonar seus filhos.

2018: o tempo e suas consequências

Quase 20 anos depois, Luiza volta ao Brasil como a DJ Ariella, determinada a reunir a família e reescrever a própria história.

«O mais bonito na trajetória dessa personagem é que através de caminhos inesperados ela irá reconstruir seus pedaços, se transformar. Luzia tem uma gama de cores e sentimentos incríveis, e, apesar de tudo o que enfrenta, não perde a vivacidade e a garra. É uma mulher muito humana», define a intérprete, Giovanna Antonelli.

A chegada de Luzia à Baía vai provocar encontros e reencontros. A batalha para reunir a família despedaçada vai também combinar com o fato de nem imaginar que Miguel, o amor que jamais esqueceu, é o famoso Beto Falcão. Ele, por sua vez, sustenta até hoje a farsa da sua morte e anda infeliz com os rumos que a vida tomou.

Palavras do autor

Para João Emanuel Carneiro, «a grande força desta história são os laços familiares e a segunda chance que todos temos de começar de novo».

A direção

«É uma novela densa, emotiva, mas ao mesmo tempo solar, sensual, bem brasileira e com muito humor», adianta o diretor artístico Dennis Carvalho. E é com o tempero baiano de lugares fascinantes, alegria do povo, tradições culturais e religiosas, culinária e música que tudo é ambientado, como completa a diretora artística Maria de Médicis: «Temos atores baianos e estamos fazendo uma preparação intensa em toda a nossa equipa para que o suingue contagiante da Baía esteja sempre presente».

“Segundo Sol” é sua próxima novela daa Globo a estrear na SIC. Escrita por João Emanuel Carneiro, a trama chega a Carnaxide na próxima segunda-feira à noite.