"

“Terra Brava” poderá ter intervalo entre primeira e segunda temporadas… ou não!

Terra Brava

“Terra Brava”

Com quase toda a produção televisiva parada em Portugal (e, já agora, no mundo), “Terra Brava” pode ter a emissão alterada.

A trama protagonizada por Mariana Monteiro e João Catarré tinha inicialmente prevista uma emissão ininterrupta. Independentemente de ter uma ou duas temporadas, a novela seria transmitida toda de seguida, como é habitual.

A atual situação do país pode, no entanto, alterar este planeamento inicial. “Terra Brava” pode ter um final de temporada (já escrito e gravado) e ser, depois, interrompida por motivos de força maior.

Com as gravações bastante adiantadas, a história de Inês Gomes não está, no entanto, terminada. «Está tudo pronto até meados de maio. Claro que, se esta crise se prolongar, vai ter de se ver…»,
garante um responsável da SP Televisão, à TV Guia.

Com algum esforço da SIC, o material atualmente disponível de “Terra Brava” poderá chegar até perto do final de maio, ou seja, há margem para quase dois meses de emissão, mesmo sem quaisquer cenas gravadas entretanto.

Caso não haja desenvolvimento no atual panorama, a trama terá de ser interrompida, mas só já às portas do verão. Os atores continuam, no entanto, prontos para poder reentrar em cena quando houver autorização.

A par de “Nazaré” (que já está toda gravada), “Terra Brava” é uma das situações menos preocupantes (pelo menos para já) na SIC.