"

TVI deixa Iva Domingues sozinha na polémica com a cidade de Guimarães

A TVI e Iva Domingues continuam de costas voltadas e o facto de a estação ter pedido desculpas pelo sucedido à cidade de Guimarães veio culpabilizar a apresentadora definitivamente.

Recorde-se que há algumas semanas a profissional, em conversa com Joaquim Letria, no “A Tarde é Sua”, referiu que «Guimarães… Já o Eça [de Queirós] dizia… Só mudam as moscas porque a trampa é sempre a mesma».

Esta frase, dita acerca de uma conversa sobre o saneamento da cidade minhota, ganhou proporções gigantes nas redes sociais. Iva Domingues é bracarense e há uma espécie de rivalidade (muitas vezes saudável) entre a cidade dos Arcebispos e Guimarães.

Uma fonte próxima da apresentadora referiu ao Correio da Manhã que mais do que tudo, Iva Domingues está magoada por a TVI não ter saído em sua defesa. «A Iva ficou muito magoada, não só por a TVI ter pedido desculpas pelas palavras dela, mas sobretudo por não a ter defendido. Ela sentiu-se sozinha, isolada, como se tivesse cometido um grande crime», conta.

A apresentadora está há 15 anos na TVI, desde que coapresentou o “Cocktail Nacional” e agora é apontada à CMTV.

«A Iva ficou muito magoada, não só por a TVI ter pedido desculpas pelas palavras dela, mas sobretudo por não a ter defendido. Ela sentiu-se sozinha, isolada, como se tivesse cometido um grande crime», avança a mesma fonte ao jornal da Cofina.

Colaboradora da quatro, Iva só recebe quando trabalha, pois não tem qualquer vínculo à estação. Essa situação está a deixar a apresentadora apreensiva: «A Iva é uma mulher empreendedora e com a Rita [Ferro Rodrigues] criou o blogue Maria Capaz. Mas isso não gera rendimentos, pelo menos até agora: A vida não está fácil para ninguém e a Iva não é exceção».

Um outro amigo da ex-apresentadora do ‘Extra’ do “Secret Story” afirma que «ela não acha justo o que lhe fizeram. A intenção dela não foi ofender os vimaranenses e nunca esperou que ficasse sozinha na polémica».

«Ela nunca deixou de trabalhar. Tem feito os ‘extras’ e os diários dos reality shows, os programas de fim de semana. Enfim, isto foi um duro golpe. Ela sente-se muito injustiçada, está a passar um mau bocado e ainda se sente revoltada por acharem que ela atacou os habitantes de Guimarães por ter nascido em Braga», conta outra fonte ao CM, acrescentando que «Toda a gente sabe que há uma rivalidade entre os vimaranenses e os bracarenses, mas dizerem que ela fez isso como forma de ataque foi um insulto para ela».