“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 150 (18 a 24 de março)

Vitorino desvia a conversa para o tema “Isabel” e diz ao irmão que quer perceber se ela é mesmo filha dele e Marcelo aconselha-o a fazer um teste. Jaques conta que Dalva lhe fez despertar o interesse pelo sexo oposto, e que Patrick a adora, e pergunta se ela lhe arrenda a casa e Ana Clara diz que sim.

Leo conta que Paulo quer ensiná-lo a meditar, pois diz que há uma missão espiritual para ele e Dalva convida-o a ir morar com ela e Jaques. Marta pergunta à mãe quando é que vão contar ao pai sobre Alexandre e Júlia diz que o médico não quer.

Eugénio tenta convencer Paulo a não ir para o Tibete e este vinca que precisa do silêncio e do isolamento. O juiz dá um raspanete a Piedade e diz-lhe que vai aguardar julgamento numa casa para doentes mentais. Vitorino visita Isabel e diz-lhe que tem sofrido com o que aconteceu e ela acusa-o de ser um violador.

Vitorino sugere fazer um teste e ela acha boa ideia, na esperança que ele não seja pai dela. Artur acorda e tenta dizer alguma coisa, mas não se percebe.

Ana Clara diz a Diogo que arrendou o apartamento dela e Diogo diz que está a tentar convencer o pai a deixá-lo voltar para Inglaterra. Marcelo percebe que Sara não está bem. Carlos chega e diz que tem um mandado de busca à casa e ele tem de o acompanhar para ser interrogado.

Vasco conta aos filhos que ele e a mãe fizeram as pazes e Pedro e Rita ficam felizes. Vasco pergunta a Leonor se não ficou feliz e ela mente e diz que sim. Horácio entra em casa e Isabel conta que Aline está desconfiada, pois viu o balde com sangue. Horácio quer matá-la e Isabel pede-lhe para não o fazer.

Júlia está feliz por Artur ter acordado e este pede-lhe para falar com Alexandre e ela mente e conta que ele foi viajar e de seguida, pede para ir buscar a bebé, pois não a quer com Camilla. Sara diz a Carlos que não pode levar Marcelo e o inspetor diz-lhe que se foi emitido um mandado é porque há bons motivos para isso e Sara ameaça-o com o que sabe sobre ele.

Horácio diz a Isabel que não faz mal a Aline se ela tiver uma solução melhor e Isabel vinca que ela é sua amiga. Cláudia acha que Sara sabe de tudo o que se passa com Marcelo, recebe chamada de Sara e fica comprometida.

Aisha não consegue comer e Jamilah insiste por causa do bebé. Jesus insiste com Jamilah para deixarem Aisha e Bruno a sós e ele convence-a a comer um bocadinho. Jaques diz a Dalva que não podia ter convidado Leo a viver com eles, sem falar com ele e ela vinca que não o pode abandonar.

Cláudia diz a Sara que não a pode ajudar, e fica furiosa quando sabe que foi Cláudia quem entregou as provas à PJ. Aisha conta a história de Paulo a Bruno e este não percebe porque é que vai para o Tibete se gosta de Raissa.

Júlia conta a Marta que conversou com Artur e ele perguntou por Alexandre e lhe pediu para ir buscar a filha a casa de Camilla. Sara liga a Vitorino a pedir ajuda e Lurdes diz-lhe para se acalmar por causa do bebé.

Jesus beija Jamilah e ela tem medo que as filhas vejam e diz-lhe que não pode falar da sua felicidade num momento em que as filhas estão mal. Paulo e Eugénio ficam a saber que Piedade vai para um hospital psiquiátrico e Paulo não percebe como é que o pai encobriu a mãe durante tanto tempo.

Dionísio diz a Jamilah que percebeu que ela está de caso com Jesus e diz-lhe que não confia no médico, pois tipos como ele, não têm princípios. Carlos diz a Marcelo que têm provas que o comprometem e o médico pede um advogado e indica que apenas ajuda as pessoas.

Carolina e Vasco apanham Luís e Cláudia a beijarem-se e contam que entregaram Marcelo à polícia por desconfiarem que Marcelo seja o pai de todas as crianças, que nasceram por inseminação artificial. Jaques diz a Dalva que Leo é um bandido e a brasileira contrapõe que ele lhe salvou a vida e por causa disso está numa cama de hospital e Jaques acaba por ceder.