“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 193 (6 a 12 de maio)

Todos estão em choque e Papa pergunta a Artur se tinha noção daquilo e Artur anui que não tem vontade de voltar a tomar os comprimidos e que prefere morrer de velhice.

Leonor diz que Carolina nunca lhe vai perdoar e Danilo acha que Carolina e Vasco são felizes assim, mas Leonor não aguenta que eles fiquem juntos.

Cidália quer que Carlos confesse o crime e sofra as consequências e Carlos afirma que o vai fazer, mas queria que a tia soubesse por ele. Vitorino tenta rastrear o número de telemóvel do chefe dos guardas.

O Guarda recebe um telefonema da prisão e conta que um dos presos tomou os comprimidos de Artur e explodiu, e Jesus não percebe como é que aquilo aconteceu.

O Chefe interroga Artur sobre os comprimidos e ele anui que os toma há quase três anos, e que sem eles, envelhece. Papa avisa o Chefe dos guardas que há uma pessoa poderosa que quer o bem de Artur e aconselha-o a ficar do lado dele.

Jesus não tem explicação para o que aconteceu, e todos concordam que é urgente tirar Artur da prisão e dar-lhe os medicamentos.

Cláudia está nervosa e não percebe como é que não viu que Joana é doida, Vasco chega e pergunta porque é que a irmã está a chorar e assente que também está a viver uma história de terror.

Lurdes conta a Marcelo que Sara está descontrolada e a partir tudo e que não está capaz de tomar conta dos filhos. O preso ameaça Artur e acusa-o de saber que a droga era mortal, com Artur a defender-se que não fez nada e que eles é que lhe roubaram os comprimidos.

Artur está muito transtornado e não percebe como é que aquilo está a acontecer e revela que só acontecem desgraças à sua volta e o melhor era nem ter acordado.

O Papa diz a Artur que Cristo encontrou um sentido no meio do caos e dá-lhe a bíblia. Becas acha que Carolina deve manter a renovação dos votos e conta que foi ao hospital para ver como estava Cláudia.

Luís e Vasco acham que Joana vai infernizar a vida de Cláudia e Vasco convence-a a ir para sua casa, após lhe contar o que Carlos fez por ciúmes.

Jesus diz que vai ligar a Carolina, para que ela investigue o que acontece se aumentar a dose do medicamento nos ratos. Leo liga a Bruno e pede para se encontrar com ele em Nova Iorque, pois quer convencer o juiz a contar a verdade.

Piedade diz a Marcelo que o ajuda com as crianças e o médico vinca que vai pedir ajuda ao irmão. Carolina conta que na sua investigação um dos ratos explodiu e Jesus decide que é melhor Artur parar de tomar os comprimidos.

Artur diz que quer provar a sua inocência e pergunta a Papa se quer fugir com ele, para poder encontrar Horácio e vingar-se dele.

Bruno diz a Leo que vai com ele e confessa a Eugénio que a vida dele seria mais fácil se Artur não estivesse por perto, mas não quer ser o plano B de Aisha.

Lurdes chega com as crianças e conta que Sara só fala em vingar-se de Carolina e pede a Marcelo para a informar, que as crianças não voltam para casa.

Becas diz que têm de avançar com a investigação. Vasco chega com Cláudia e assente que ela vai ficar lá em casa por segurança e Becas fica com pena dela.

Marcelo liga a Sara e vinca que ela não está em condições de tomar conta dos filhos, e ela pergunta-lhe se decidiu voltar atrás, com o médico a responder-lhe que não.

Becas pergunta o que é que aconteceu com Cláudia e Vasco conta que Joana ameaçou matá-la e que a irmã está a pagar o mal que fez, mas numa dose superior.

Vasco diz a Carolina que quer manter a renovação de votos e beijam-se, apaixonados. Sara liga a Marcelo e ameaça-o fazer queixa na polícia se ele não devolver os filhos.

Artur pergunta a Papa quando é que vai ser a fuga, pois quando começar a envelhecer, não tem energia para conseguir sair dali.