“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 127 (18 24 de fevereiro)

Carlos diz a Dionísio que acha que Dalva mentiu no interrogatório sobre Leo. Ana Clara chega a casa e lê um bilhete de Diogo a informar que foi dormir a casa de Piedade e estranha.

Aisha visita Artur e pede-lhe para fazer um sinal se estiver a reconhecer a voz dela e Artur mexe um dedo. Piedade diz a Ana Clara que Diogo já está a dormir e vê-se que está amarrado e amordaçado. Ana Clara acha que filho foi para casa da tia por ela ter mandado Zeca embora e agradece a ajuda dela.

Júlia diz a Marta que Vitorino tem de mudar de quarto, pois Artur vai sair do hospital. Jaques apoia Isabel que chora por achar que Leo não vai voltar a andar.

Entram em casa e encontram Bruno caído no chão, junto ao frasco e à seringa e ligam para o 112. Aisha já dorme, quando Alexandre entra no quarto e deita-se junto a ela. Aisha murmura por Artur e o marido fica com vontade de chorar. Eugénio e Paulo estão no Líbano e Paulo procura a casa de Raissa no GPS.

Isabel está muito abalada e Jaques pergunta se Bruno consome opiáceos há muito tempo e ela conta que Bruno é muito frágil e nunca ultrapassou a morte do pai. Camilla chega a casa de Ana Clara e fica a saber que Artur, Leo e Bruno estão hospitalizados e segue para o para lá. Jaques está arrependido de ter comprado o bebé e  Isabel acha que foi o telefonema de Dalva para Jaques que despoletou tudo.

Horácio chega e fica em choque por saber que Bruno está no hospital por overdose.  Marcelo e Sara recebem Maria e o médico conta que houve um erro no laboratório e que trocaram a amostra de esperma do marido, por outra. Rodolfo diz que se vai embora, pois está desiludido com Maria Pia e acusa-a de querer dar o golpe do baú.

Rodolfo agradece a Vasco e diz que gostava de continuar amigo dele e Maria Pia diz que Júlia não vai ficar com o noivo dela. Horácio está desorientado e Isabel revela que o irmão já se tinha tentado suicidar duas vezes, desde que o pai morreu. Isabel diz que foi o boxe que salvou Bruno e Horácio diz que a culpa é dele e começa com uma crise de ansiedade.

Camilla pergunta a enfermeira se Bruno vai recuperar e esta diz-lhe que ele é forte. Paulo e Eugénio chegam à porta de casa de Raissa e batem à porta. Horácio está mais calmo e diz que vai ao hospital ver Bruno. Isabel acha aquilo estranho e acha que Horácio está apaixonado por Bruno.

Maria diz que o marido não vai acreditar na história e Marcelo propõe chegarem a um acordo e pagar uma indemnização. Júlia diz que Artur vai para sua casa e Ana Clara diz que Artur não quer nada com ela e vai fugir quando acordar. Vasco acusa a mãe de se ter portado mal e Rodolfo percebeu e que a culpa é dela de Rodolfo ir embora. Marcelo diz que se chegarem a acordo, ela vai ter de guardar segredo.

Maria recebe uma chamada e percebem que o marido de Maria morreu. Sara pensa na conversa com Vitorino e conclui que foi ele. Camilla despede-se de Bruno e cruza-se com Horácio que a chama pelo nome e Camilla pergunta se já se conhecem. Vitorino não quer Artur lá em casa e Júlia diz que ele é que está a mais e a casa é de Artur.

Horácio diz que é o treinador de Bruno e Camilla diz que não se lembrava e revela que se sente culpada, pois zangou-se com o filho. Isabel não sabe de onde apareceu Horácio e acha que ele e Bruno podem ter uma relação e Jaques não concorda.

Paulo apresenta-se a Nasser e este diz que se lembra dele. Paulo inventa que o pai foi em trabalho ao Líbano e aproveitou para ir com ele e levar uns presentes da família para Raissa. Nasser fecha-lhes a porta na cara e Paulo estranha. Nasser diz a Raissa para mudar de roupa, pois têm visitas. Raissa mente e diz que se vai portar como mandam as regras e Nasser pede a Paulo e Eugénio para entrarem.