“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 109 (4 a 10 de fevereiro)

Júlia diz a Artur que está a ser solidária e é para ele poder estar perto dos filhos, mas ele merece é estar sozinho.  Isabel conta a Bruno que foi a mãe que mandou raptar

Aisha e a vendeu ao harém, deixando o irmão em choque.  Leo diz a Horácio que Camilla não merece a ajuda dele e este diz-lhe para não questionar as suas decisões.

Sara diz a Marcelo que ele só quer ficar com ela para ela não o denunciar. Marcelo diz que a ama e ama Diana e que não as querer perder e pede Sara em casamento. Sara beija-o.

Bruno quer falar com a mãe e Isabel diz-lhe que ela não vai voltar a pôr os pés lá em casa. Carolina diz aos filhos que tem um segredo de família para lhes contar e revela que ela matou a mãe de Sara.

Aisha espera que a irmã seja feliz com Nasser. Paulo diz que não confia nele e Aisha diz-lhe que só ele é que ainda não percebeu que está apaixonado por Raissa.

Carolina conta que a sua mãe se acusou no lugar dela e que foi por isso que ela não os queria ver. Rita e Pedro dizem que isso não é razão, pois faziam o mesmo por ela e Carolina abraça emocionada os filhos.  Júlia entra em casa furiosa e acusa Artur de ser um ingrato.

Camilla prepara-se para ir para o Brasil, quando chega Bruno e lhe diz que não perdoa a mãe por ter vendido Aisha e espera que ela vá para bem longe.

O juiz decide atribuir a identidade a Artur e Vitorino reclama e diz que Júlia não pode aceitar aquela decisão. Insulta o juiz e Júlia pergunta-lhe se quer ir preso.

Bruno está preocupado com o julgamento, pois acha que o juiz não vai acreditar que ele está inocente e Luís conta que arranjou imagens da luta que ele teve na rua.

Carolina espera que a reunião de Vasco e Jesus corra bem e diz a Becas que ficaria desiludida com Jesus se ele não contratasse Vasco por ele ser seu ex-marido.  Carlos liga a Aisha e conta que Solange vai ser libertada no dia seguinte e Aisha fica indignada e diz que ela não vai sair impune. Nasser surpreende Raissa e mostra-lhe que comprou a casa que era da sua família e Raissa fica muito feliz.

Jesus diz que a farmacêutica precisa de um novo diretor financeiro e Vasco fica contente. Júlia diz que vai recorrer da sentença, pois não tem a certeza que ele é Artur.

Vitorino pergunta a Marta se pensou na proposta dele e Marta diz para lhe ligar mais tarde. Artur diz a Ana Clara que quer recuperar a presidência da fábrica.

Sara diz a Laura que o artigo sobre Marcelo não sai, pois ela não quer destruir famílias. Laura acha que Sara continua com Marcelo e apresenta a demissão. Vasco recebe um telefonema a dizer que o resultado das amostras de ADN chegou.

Vasco disfarça e diz a Carolina que têm que deixar os festejos do novo cargo para outro dia.  Sara pergunta o que é que ela quer para esquecer o assunto e Laura diz que quer ser diretora da revista e Sara aceita.

Cláudia recebe uma carta da Ordem dos Advogados a suspendê-la temporariamente do exercício da advocacia.  Pepe entrega a arma e as munições e Dalva sente-se poderosa.

Cidália não gosta da ideia, mas Dalva diz que tem de fazer tudo para encontrar o filho.  Vasco conta a Maria do Céu que fez um teste de ADN aos filhos, mas não tem coragem para abrir o envelope.

Maria do Céu diz-lhe para não abrir o envelope e Vasco concorda. Sara conta a Marcelo que usou Laura para roubar as provas do consultório dele. Marcelo pergunta quando é que vai sair a reportagem e Sara diz que cedeu o lugar dela a Laura para a reportagem não ser publicada, pois aprendeu a amá-lo e diz que aceita casar com ele.

No Brasil, Camilla está prestes a fazer o aborto. O médico pergunta se ela está pronta e Camilla acaba por dizer que sim e chora. Jaques está nervoso à espera de Camilla.

Horácio entra e olha Jaques e pergunta se ele não se chama Norberto Rosa. Jaques pergunta quem é ele. Artur vai a casa de Aisha e conta que o tribunal lhe deu razão e Aisha não percebe porque é que ele, lhe foi dizer aquilo.

Artur diz que ela o ajudou e precisava de lhe dizer que a pessoa com quem perdeu a virgindade é real e sai. Artur afasta-se a chorar e arranca na sua mota.