“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

40º Episódio (21 a 17 de maio)

Para salvar a própria pele, Eva entrega João a Aurora e o inspector é assassinado por um dos capangas da rede.

Jorge, em pânico, liga a Eva mas ela já não atende. Jorge liga então para a polícia, explica o que se passa e pede que lhe dêem informação. Um colega de João explica-lhe que estão a fazer buscas mas os dois telemóveis estão desligados e não conseguem localizá-los.

Eva vê João e ser pontapeado no meio de um armazém pelos bandidos e a levar um tiro na perna quando tenta fugir. Entretanto um dos homens aponta a arma à cabeça de João e em desespero de causa, Eva lança uma pedra para a janela. Esta iniciativa faz com que os bandidos desviem o olhar e permite a João afastar-se e agarrar num tubo metálico. Quando um dos capangas sai para ir à rua ver o que se passa, João bate no outro mas já não consegue alcançar a arma sem ser visto. Luta com o outro homem e consegue agarrar a arma e dar-lhe um tiro. Nesse instante Eva entra no armazém. Com João muito debilitado e a perder muito sangue os dois decidem esconder-se até perceber o que é que os capangas vão fazer. E decidem bem porque os homens julgando que João fugiu e que não pode ter ido longe decidem procurá-lo no exterior.

Entretanto, os homens comunicam a Aurora que o inspector João fugiu. Furiosa e em pânico comunica a Álvaro o que aconteceu e parte para o local.

Ricardo continua muito apaixonado por Maria mas Cecília acha que ela não é de confiança porque esteve com Marco e não avisou a policia.

Salomé liga a Débora para a avisar que o avô esta doente com uma cirrose por causa das ribombinhas.

Joel encontra Íris em sua casa e começa a provocá-la. Os dois agridem-se verbalmente e estão quase a beijar-se quando Salomé interrompe o momento de tensão e põe fim à discussão.

João não consegue mexer-se e sugere a Eva que vá buscar o carro mas quando ela está já para sair, Chico e Aurora aparecem. Aurora pergunta a Eva onde está João enquanto Chico lhe aponta a arma à cabeça.

Em casa, Lucas espera pela mulher para jantar e liga-lhe mas ela não atende.

Álvaro chama os empregados para limpar o laboratório porque o local está comprometido. Liga para Aurora desesperado mas ela não atende.

Em desespero de causa, Eva pede a Aurora para a deixar trabalhar com ela. Lembra-lhe que trabalhou na agência anti doping e que tem contactos. Garante-lhe que se não a matar lhe vai ser sempre leal. Aurora não acredita em Eva. Como prova de lealdade Eva denuncia o local onde está João. João pergunta-lhe porque é que o traiu. Mas ela já não tem tempo de responder. João pede-lhe ajuda mas Chico prime o gatilho e mata-o em frente a ela.

Entretanto a PJ liga a Jorge a dizer-lhe que encontraram o carro do inspector mas sem sinal dele ou de Eva. Eva garante a Aurora que Jorge não sabe de nada e que foi ela que decidiu ir atrás de João porque achava que assim descobria onde estava Marco. Aurora desconfia mas perante a insistência de Eva, decide telefonar a Álvaro para lhe perguntar o que quer fazer. Álvaro acredita que ela pode ser útil como informadora para substituir Marco e diz-lhe para a levar vendada até ao laboratório. Já no laboratório, Álvaro decide dar uma oportunidade a Eva. Por um lado terá de controlar Jorge e por outro lado vai ter 24 horas para arranjar informações valiosas sobre a agência anti-doping. Caso contrário, Aurora adianta-lhe que não será só ela a sofrer mas toda a família. Eva regressa a casa muito abatida e sente-se confortada pelo abraço da irmã.