“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

14º Episódio (23 a 29 de abril)

Maria acolhe Marco em casa porque ele é atingido quando tenta escapar aos membros da rede e também à polícia. Maria esconde do pai que está o está a proteger mas garante a Mónica que o manda embora assim que acordar.

Detido por Aurora e Elias, ainda dentro do carro, Marco liga a Maria e deixa o telemóvel cair para que ela ouça a conversa entre os três enquanto o ameaçam. Aurora diz a Marco que ele comprometeu a organização e que será o chefe a decidir o que fazer com ele. Em resposta e para Maria ouvir, Marco vai dizendo que só quer uma nova oportunidade para estar com a família. Impotente, Maria ouve tudo até que a chamada cai. Entretanto Marco reage às agressões de Aurora e atinge Elias, conseguindo fugir do carro.

O inspector João explica a Eva que dois polícias foram atingidos por um grupo que tentou apanhar Marco. Eva acha que foi a rede de doping que o levou. Jorge fica nervoso, temendo pela vida do irmão. O inspector mostra-se cauteloso, apesar de Eva insistir que Marco pertencia à organização, mas garante que sabem para onde eles foram. Tanto assim que, quando a policia está prestes a chegar ao local onde está o carro, o grupo ouve as sirenes e foge.

O inspector explica o que aconteceu a Cecília e Álvaro fica convencido de que Marco foi detido pela rede mas, quando liga a Aurora, fica a perceber que eles falharam e que Marco fugiu.

Jorge, estranha como é que a rede soube que Marco ia a sua casa e desconfia de Eva, porque acha que só ela e a polícia sabiam da operação. Jorge acha mesmo que foi manipulado por Eva. Incrédula perante as acusações, Eva acusa-o de ser igual ao irmão e, furiosa, vai-se embora.

Entretanto, Ricardo vai a casa de Maria contar-lhe o que se passou e fica com ideia de que ela já sabe mas, ao perceber que estava exceder-se, Maria disfarça. Ricardo diz-lhe que Marco foi levado por um grupo depois de a polícia ter montado uma operação para apanhá-lo.

Quando estão na sala, Maria ouve um barulho e vai ao quarto, onde encontra Marco. Ele pede-lhe para o ajudar e não o denunciar. Maria deixa-o ficar e despede-se de Ricardo. Antes de sair, Ricardo pede-lhe para lhe dizer se souber de alguma coisa de Marco, como que duvidando dela.

Com uma ferida no braço, Marco está a deitar muito sangue e Maria sugere que vá ao hospital mas ele recusa e pede-lhe para que seja ela a tratar dele. Maria acede, até porque Marco está a perder os sentidos.

Furioso, Álvaro acusa Aurora de ter deixado Marco fugir propositadamente. Furioso com todos e cego de raiva, Álvaro diz ao grupo que tem uma semana para encontrar Marco e caso não o faça, serão as suas famílias a pagar.

Sem receita para fazer as ribombinhas, Salomé e Débora decidem fabricar um outro bolo. Mariana é a primeira a provar e adora. Contudo, Trovão não aprova a receita e coloca defeitos em tudo, até no paladar de Mariana.

Bento vai à agência com dois homens das mudanças que põem Leonor na rua.

Vera tenta convencer Bia a ir à MUVV fazer um teste e até se oferece para lhe dar o telemóvel que ela queria.

Eva comenta com Soraia como ficou triste com a atitude de Jorge ao desconfiar dela e por isso acha que tem de avançar rapidamente com a investigação na MUVV, para tentar perceber quem é que está ligado à rede e assim provar a sua inocência.

Maria, está a falar com Mónica sobre Marco quando o pai entra em casa e ela fica aterrorizada com a hipótese de ele encontrar Marco. Mónica aconselha Maria a entregar Marco mas ele recusa-se a prejudicar o pai da filha. Vítor quer ir dar um beijo à neta mas Maria inventa uma desculpa e ele acaba por ir embora, achando que a filha quer continuar ao telefone com Mónica mas sem desconfiar da presença de Marco. Maria garante à amiga que assim que Marco acordar vai ter de ir embora.