Adriana Esteves fala das reviravoltas de “Avenida Brasil”

O sucesso de “Avenida Brasil” acontece dos dois lados do Atlântico e tanto em Portugal como no Brasil conseguiu levantar os horários originais de exibição.

O grande embate entre Carminha e Rita movimenta conversas e faz chamadas de capa em revistas. Tirando “Gabriela”, há muito tempo que não se via semelhante fenómeno na imprensa nacional com uma novela brasileira. Adriana Esteves, que interpreta a vilã Carminha, falou sobre o sucesso da sua personagem e tem uma teoria para esta ter caído nas graças do povo.

A atriz está muito feliz com o desenvolvimento da vilã e considera que este pode ser o papel da sua vida. «Cada papel que você está fazendo eu acho que é o da minha vida. Então eu agora estou muito confusa porque eu estou a achar que é a grande personagem da minha vida. Mas eu já senti isso antes com outros trabalhos também», disse.

Há outros papeis que também são considerados marcantes pela atriz. Como por exemplo o papel de Dalva de Oliveira que ela interpretou na minissérie em homenagem a cantora e que em Portugal não foi exibida em sinal aberto. Por esta interpretação Adriana recebeu uma nomeação para melhor atriz no Emmy Internacional, o prémio mais importante da televisão mundial.

Com mais de 20 anos de carreira, Adriana Esteves interpretou personagens inesquecíveis, como a Celinha de “Toma lá dá cá” e outra vilã, a Sandrinha de “Torre de Babel” (ambas exibidas na SIC).

Sobre o futuro de Carminha ela confessa não ter querido saber. Ela entregou-se «ao que o João [Emanuel Carneiro, o autor] resolver». Apesar de ser uma vilã de peso, Carminha vem acabou por ganhar a simpatia do público. A atrizdiz não entender a simpatia, mas confessa que também adora a personagem e está obcecada por esta malvada. «Eu já vi. As pessoas são doidas. Mas eu acabo torcendo um pouco também. Não sei, estou bastante envolvida e acabo torcendo também», concluiu.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close