"

Daniel Oliveira fala sobre o futuro da ficção nacional na SIC


Daniel Oliveira

Daniel Oliveira

Daniel Oliveira prepara-se para estrear esta noite “Alma e Coração”, a nova novela da noite da SIC.

Escrita por Pedro Lopes, autor dos sucessos de “Laços de Sangue” ou “Dancin’ Days”, a nova novela pretende ser mais competitiva e trazer de volta a liderança das audiências, perdida para a TVI desde “A Única Mulher”.

Com a aposta em “Alma e Coração”, a SIC já começou a preparar uma outra nova novela portuguesa, até porque Oliveira quer manter a aposta em duas linhas de novelas. Por definir está se esta é a sucessora ou não de “Vidas Opostas”.

«Queremos ser competitivos. Há opções que são estratégicas e que são para reforçar – a ficção nacional é um pilar da nossa programação e queremos apostar não só em duas linhas de novela, como vamos continuar a ter, mas noutros géneros narrativos», justifica ao Público, o Diretor-geral de entretimento da SIC.

Para além das novelas, a SIC quer apostar em «séries, telefilmes, biopics, docudramas». «A SIC, a médio-longo prazo, tem de estar à altura da demanda do mercado por storytelling. Não estamos só a competir por quem vê novelas. A SIC deve ser também um dos motores da indústria, trazer uma portugalidade para as histórias. Auscultar o mercado, hipóteses de co-produção, outros géneros complementares à nossa oferta.», refere ainda.

Para Daniel Oliveira, «algum público que terá migrado para outras plataformas estará disponível para consumir histórias em português de Portugal. Temos de fazer esse caminho tão rapidamente quanto possível.», conclui.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close