"

De regresso à SIC, José Fidalgo deixa “Deus Salve o Rei” «com lágrimas nos olhos»


José Fidalgo

José Fidalgo

José Fidalgo esteve até há dias a gravar “Deus Salve o Rei”, a atual novela das 19h da Rede Globo. O ator está agora de regresso à SIC para protagonizar a nova novela da estação.

A meio da participação chegou a ser noticiado que o ator deixaria a novela precocemente. Fidalgo desmentiu os rumores e regressou à trama depois de promover a estreia em Portugal (que ocorreu ontem à noite na Globo Portugal).

As sucessivas mudanças promovidas “Em Deus Salve o Rei” levaram agora, a pouco tempo do fim, à morte da personagem Constantino, um dos vilões da novela.

Apesar de se ter despedido agora, José Fidalgo ainda vai estar no ar mais alguns dias na exibição no Brasil. Constantino só desaparece nos próximos capítulos.

Cm resultados considerados algo dececionantes (caiu em relação à antecessora, “Pega Pega”), o trabalho na novela medieval é bastante celebrado pelo ator.

Há muito que Fidalgo sonhava em seguir uma carreira internacional e trabalhar no Brasil. «Sempre tive o objetivo de tornar a minha carreira internacional. O Brasil era um sonho. É como se eu estivesse num filme, vivendo um sonho, mas estou nele, é real! Eu me sinto privilegiado por fazer essa novela», declarou o ator em entrevista à imprensa brasileira.

«A questão é que aqui estão trabalhando para um produto que é visto por pelos menos 150 milhões de pessoas. Em Portugal, trabalhamos para um universo de um milhão e meio, dois já é uma festa», referiu ainda.

«O mundo inteiro vê o produto brasileiro, então, é normal ter um investimento maior. Agora, a mão-de-obra, os técnicos, os atores, são bons em qualquer lugar do mundo, porque a gente busca especialização em lugares parecidos. A grande diferença é o brinquedo que vocês têm. É um brinquedo enorme, trabalhar nessa estrutura, é um privilégio», completou o exclusivo SIC.

José Fidalgo regressa nos próximos dias a Portugal, mas espera regressar um dia para novas produções: «Levo um Constantino de Artanza, uma novela que ficará na minha memória para sempre, atores que jamais esquecerei, uma equipe de caraterização no meu coração, uma direção que sempre me apoiou e uma produção exemplar. Junte isto à cidade do Rio de Janeiro, e vou embora com lágrimas nos olhos», afirmou ainda.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close