“Destinos Cruzados” só lidera nos 11 minutos de intervalo da SIC


Audiências

“Destinos Cruzados” foi a maior aposta da TVI na área da ficção. Estreada no início do ano, a novela de António Barreira trouxe uma autêntica constelação de estrelas e veio com a missão de atrapalhar “Dancin’ Days”, que era – e é – a novela mais vista em Portugal.

A trama da Quatro chegou a dar sinais bastante positivos no horário principal, mas desde que foi relegada para segundo plano para dar prioridade ao diário de “Big Brother VIP” tem tido números inferiores, enfrentando não só “Dancin’ Days”, mas também “Avenida Brasil”.

A tendência dos últimos dias tem mostrado que “Destinos Cruzados” lidera no intervalo que a SIC coloca entre as duas novelas e nos primeiros momentos de “Avenida Brasil”. Contudo, essa premissa tem ficado esbatida com o passar dos dias e ontem a história de António Barreira apenas conseguiu captar a liderança durante a publicidade de Carnaxide.

“Dancin’ Days” foi o programa mais visto do dia com 17.3 de rating e 35.0% de quota média de mercado, com 1 milhão e 672 mil espectadores. No seguimento, “Avenida Brasil” marcou 14.1 de audiência média, 34.9% de share e foi vista por 1 milhão e 361 mil pessoas.

Na TVI, “Destinos Cruzados” marcou 12.9 de rating, 29.6% de share e teve, em média, 1 milhão e 248 mil espectadores. O pico da trama de António Barreira foi registado às 22H59 com 14.2/32.3%. Nesta altura a SIC vice-liderava com 12.6/28.8%.

Pode consultar mais dados no fórum Zapping.

Os dados apresentados são da responsabilidade da CAEM/Gfk.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close