«Fiquei louca como a Inês», Maya Booth

«Fiquei louca como a Inês», Maya Booth

Quando começou a gravar “Dancin’ Days”, Maya Booth nem esperava as surpresas que a Inês lhe viria a trazer.

Licenciada em Arquitetura, InÊs trabalhava num ateliê muito conceituado e tinha com Raúl uma relação equilibrada até que ele recebe uma proposta para trabalhar num hospital em Angola.

Com a relação terminada, Inês apaixonou-se por Duarte e, a partir daí, a sua vida transformou-se.

«Não estava nada à espera desta evolução da Inês. Fiquei muito feliz com o crescimento dela. Mas sabe-se que uma novela é uma obra em aberto e tudo pode acontecer», conta feliz Maya Booth à revista Telenovelas.

Nos próximos episódios, a filha de Áurea vai viver episódios de verdadeira loucura, tentado matar o próprio filho. Sobre estas cenas, a atriz confessa que chegou a ficar « louca como a Inês», tal não fora as cenas dramáticas que interpretou

«A dedicação e a entrega dela era tal que chegou a um ponto em que se exclui a si própria e só pensou no amor da sua vida. Daí a loucura e obsessão», explica Maya Booth sobre a transformação de personalidade da sua personagem.

Com o final de “Dancin’ Days” gravado, a Inês morrerá ao tentar salvar o filho e amado. Um final que ser «trágico mas bonito.»

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close