“Ouro Verde”: Bia mata Miguel no dia do seu casamento

“Ouro Verde” está a caminho do final e prepara-se para surpreender ainda mais os telespectadores. No último episódio, Bia mata o pai Miguel, defendendo Jorge da morte.

Tudo acontece, revela a TV Guia, quando Bia e Jorge se decidem casar longe da confusão e do desespero que se vive em Lisboa desde que Tomás foi preso. A morte de Miguel, por causa da Esclerose Lateral Amiotrófica, parece ter deixado a jovem bióloga afetada, e será uma das razões por que esta não quer fazer a cerimónia em Portugal.

Por isso, Jorge resolve convidar todos para onde se refugiaram: a fazenda Ouro Verde. Vai ser aí que o casal pretende refazer a vida depois de quase ter perdido os filhos raptados por Vera (Ana Sofia). Estão todos presentes.

Ouro Verde

“Ouro Verde” está a terminar

É um dia de festa perfeito, e Bia sente que, finalmente, vai poder ser feliz para sempre ao lado do homem que ama. Vera está institucionalizada – foi colocada num hospício pelo irmão Tiago e perdeu completamente o juízo – e já não é uma ameaça.

Henrique é agora filho de Bia, já que esta o adotou desde que Vera quase o matou durante o rapto. A vilã tentou fazer desaparecer os dois filhos de Jorge para que este ficasse com ela, mas acabaria por falhar e ser apanhada.
Quando o padre está a oficializar a cerimónia, aparece do nada e acompanhado por alguns capangas, Miguel. Mónica fica em choque, pois pensava que o marido havia morrido.

– Vais pagar pelo que me fizeste. Por me teres destruído, por me teres roubado a minha filha, por teres levado a Vera à loucura, diz, com raiva e apontando uma pistola.

A filha grita em pânico, e pede para este parar. Mas o pai continua a avançar pelo jardim que havia sido decorado para o casamento. Os peões de Jorge tentam acalmar a situação, mas Miguel continua a avançar em direção ao fazendeiro, mesmo depois de Salvador o tentar impedir e falhar.

Bia, todavia, não quer viver assim durante mais tempo. A jovem pede ao pai para parar e coloca-se à frente de Jorge, antes que ele consiga disparar a primeira bala. O empresário pede à filha para se desviar, mas esta não o faz.

Em vez disso, arranca uma arma das mãos de um dos capatazes de Jorge e ameaça o pai. Este, porém e de cabeça perdida, não a ouve. Ela aponta a arma ao pai e dispara, falhando.

Bia, em fúria, dispara de novo sobre o pai. Este cai no chão, ao mesmo tempo que Mónica grita. Depois, e sabendo que acertou em cheio, a bióloga corre para Jorge. Bia agarra-se a ele, e fazem juras de amor.

Esta é uma das cenas finais de “Ouro Verde”, que termina dentro de poucas semanas.

 

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close