“Perdidos e Achados” dá a conhecer a História do ‘Expresso’

“Pedidos e Achados” dá a conhecer a História do ‘Expresso’

No “Perdidos e Achados” desta semana, a SIC faz uma viagem pela história do semanário que se tornou numa referência para o jornalismo em Portugal.

Há 40 anos, no dia 6 de Janeiro de 1973 com a ditadura por um fio, o semanário Expresso saiu para as bancas pela primeira vez, com uma tiragem de 65 mil exemplares.

O objetivo do Expresso era fazer um jornalismo independente do poder político e económico, que funcionasse como um contrapoder. No entanto, a censura, sempre à espreita, cortava os artigos como queria.

A história do Expresso, hoje, no “Jornal da Noite”.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close