‘Red Bull Air Race’ está de regresso a Portugal!


Red Bull Air Race

O Red Bull Air Race está de regresso ao Porto

O Red Bull Air Race está de volta a Portugal. A mais importante competição internacional de aviões regressa em setembro de 2017 às paisagens do Douro.

O Porto integra assim, 10 anos depois da estreia, o calendário da Red Bull Air Race World Championship – desta vez com ainda mais animação. A etapa ficou na história do desporto português, com um recorde de público que ultrapassou um milhão de espectadores nas margens do Porto e de Vila Nova de Gaia.

O anúncio do calendário oficial de 2017 vem confirmar um regresso há muito aguardado e acontece precisamente dez anos depois da estreia da competição no nosso país. A ação regressa assim às margens do rio Douro nos dias 2 e 3 de setembro, com o Porto a corresponder à sexta e antepenúltima etapa do calendário.

O Diretor Geral da Red Bull Air Race GmbH, o austríaco Erich Wolf, não esconde o seu entusiasmo perante uma das mais sonantes novidades da décima temporada do Campeonato do Mundo: «Estamos muito animados com o regresso da Red Bull Air Race a Portugal, que é uma das etapas preferidas do público e dos pilotos. Este ano o calendário vai evoluir de sucesso em sucesso, com cada etapa a adquirir um significado especial, seja pelo histórico do desporto ou por se tratar de uma estreia num cenário único. Estamos especialmente orgulhosos por trazer de volta ao rio Douro esta corrida de alta velocidade a baixa altitude e estou certo que cada piloto e cada equipa tudo farão para ser coroados no Porto perante os aplausos de milhares de fãs».

Para o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, «a Red Bull Air Race é um evento consensual e transversal que toca públicos muito diversificados. É, por isso, uma grande conquista para a cidade voltar a receber em festa esta prova que traz um enorme retorno económico direto à cidade, à região e a Portugal. Do ponto de vista político é também muito significativo que tenha sido possível voltar a encontrar consensos entre os promotores, as autarquias, a Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal, o Turismo de Portugal e a CCDRN que a tornam, não apenas possível mas sobretudo sustentável».

Já o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Dr. Eduardo Vítor Rodrigues, considera que «a Red Bull Air Race traz a Vila Nova de Gaia e ao Porto a centralidade mundial através de um espetacular evento internacional. O cenário único do Douro e das suas margens, vividas por gente genuína e apaixonada, acrescenta-lhe a magia desta região».

Dr. Melchior Moreira, Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, acrescenta que «os números estão aí para confirmar a potencialidade turística de um destino: quase 7 milhões de dormidas no final de 2016 e a importância cada vez mais crescente deste setor para a economia nacional. Nem questiono a importância que os grandes eventos internacionais assumem nestes resultados. Somos hoje reconhecidamente um palco de grandes eventos internacionais que nos trazem um retorno imensurável. Ter no nosso território a Red Bull Air Race é a garantia de uma excelente promoção turística que vai muito além dos milhares de espetadores que se esperam nas margens do Porto e de Vila Nova de Gaia: são as imagens que serão difundidas pelo mundo, as impressões que os visitantes vão levar, a dinâmica da qual todo o destino acabará por usufruir, a certeza que quem nos vai visitar agora vai querer voltar noutra altura do ano, a atividade turística que se estenderá muito para lá dos dois municípios envolvidos… este é o trabalho do Turismo do Porto e Norte de Portugal».

A Red Bull Air Race estreou-se em Portugal em 2007, mantendo-se no calendário até 2009. Durante esse período fez história no desporto português, afirmando-se como o evento com maior presença de público de sempre – mais de um milhão de espectadores em dois dias de ação que deixaram uma forte marca na região e no país.

Entre o pelotão, há apenas dois pilotos atuais que subiram ao pódio no Porto – o norte-americano Kirby Chambliss e o australiano Matt Hall. No entanto, não há um único piloto no ativo que tenha conseguido alcançar aqui uma vitória.

Em 2017 a competição segue os moldes originais – qualificações num dia e corrida no outro – embora os motivos de interesse tenham sido largamente ampliados. Reconhecida pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI) como o Campeonato do Mundo da aviação desportiva, esta competição evoluiu significativamente nos últimos anos.

Neste campo destaque para a existência de duas classes, uma para pilotos consagrados (Master Class) e outra para novos talentos (Challenger Class). É nesta última que se estreou no ano passado a primeira mulher a alinhar na Red Bull Air Race, a francesa Mélanie Astles. Ao todo são 23 pilotos em representação de 15 países, sendo o atual detentor do título o alemão Mathias Dolderer.

Além da novidade do Porto, o calendário de 2017 destaca-se também pelo regresso da etapa norte-americana de San Diego e pela estreia da Capital russa dos desportos, Kazan.

No total há oito etapas para cumprir, com arranque no Médio Oriente (Abu Dhabi) – onde se assinalou a 75ª corrida da Red Bull Air Race – e passagem por San Diego (EUA), Chiba (Japão), Budapeste (Hungria), Kazan (Rússia), Porto (Portugal) e Lausitzring (Alemanha). A despedida tem lugar em outubro no lendário circuito de corridas de automóveis de Indianápolis, nos Estados Unidos da América.

A temporada de 2017 da Red Bull Air Race arrancou a 10 e 11 de fevereiro em Abu Dhabi, nos Emiratos Árabes Unidos, com um resultado histórico para o piloto checo Martin Sonka, que conquistou a primeira vitória da sua carreira, assegurando desta forma a liderança da classificação geral.

RTP1 e SIC transmitiram no passado o ‘Red Bull Air Race’. Desconhece-se ainda quem vai transmitir o evento este ano. Recorde-se ainda que há o canal Red Bull TV que poderá também ficar com os direitos.

RED BULL AIR RACE 2017 CALENDÁRIO

Emiratos Árabes Unidos Abu Dhabi | 10 e 11 fevereiro

Estados Unidos da América San Diego | 15 e 16 abril

Japão Chiba | 3 e 4 junho

Hungria Budapeste | 1 e 2 julho

Rússia Kazan | 22 e 23 julho

Portugal Porto | 2 e 3 setembro

Alemanha Lausitzring | 16 e 17 setembro

Estados Unidos da América Indianápolis | 14 e 15 outubro

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close