SIC Radical prepara-se para o Mundial com a transmissão dos cinco melhores jogos de Mundiais de Futebol da Era moderna [com video]


Em Maio, a SIC Radical vai transmitir integralmente os cinco melhores jogos de Mundiais de Futebol da Era moderna, numa altura em que estamos em plena contagem decrescente para a fase final do Campeonato do Mundo, no Brasil.

As transmissões começam já na próxima sexta-feira, dia 2 de Maio, com o Itália x Brasil de 1982 (3-2), mais conhecido como “A tragédia do Sarriá”.

O Futebol-arte do Brasil de Zico, Falcão e Sócrates é destronado pelo catenaccio de Zoff, Conti e Rossi, que marca um impensável hat-trick depois de ter estado dois anos afastado do futebol, na sequência do Totonero, o primeiro grande escândalo de apostas à escala mundial. A partir deste dia, o futebol nunca mais foi igual.

No dia 10 de Maio, é a vez da meia-final que colocou frente a frente a França de Platini e a Alemanha de Rummenigue, na famosa “Noite de Sevilha”, também em 1982. Jogo épico que terminou empatado 3-3. Pela primeira vez na história dos mundiais de futebol, um encontro decide-se da marca das grandes penalidades. Schumacher, guarda-redes alemão que deveria ter sido expulso após uma brutal entrada sobre o francês Battiston, acabou por ser o herói do jogo, levando a Alemanha até à final.

A “final antecipada” de 1998, entre a Holanda e o Brasil, terá transmissão no dia 16 de maio. Dois golos de um fenomenal Ronaldo não foram suficientes para eliminar a Laranja Mecânica, que acabaria por levar o jogo para as grandes penalidades. Claudio Taffarel, defende os remates de Cocu e Ronald de Boer e o Brasil voa para a final.

No dia 24 de maio, a final do campeonato do mundo de 2002, que consagrou o Brasil de Scolari penta campeão do mundo. É o mundial da superação, com Ronaldo “Fenómeno” a fazer cheque-mate aos alemães, apontando dois golos sem resposta. Terminaria o torneio como melhor marcador (8 golos), apesar de ter feito apenas 24 jogos nos dois anos anteriores, entre duas operações aos joelhos. Fenomenal.

A terminar, no dia 28 de maio, um dos melhores e mais controversos jogos de sempre. A Argentina de Maradona contra a Inglaterra de Bobby Robson (seleccionador), em 1986, no México. Quartos-de-final da prova, resolvidos com muito talento e polémica, com o genial argentino a “driblar” toda uma nação (e até o árbitro) com a inesquecível “Mão de Deus” e depois com aquele que é considerado o melhor golo do século XX. Foi o mundial da Argentina, mas sobretudo de Diego Armando Maradona.

Os jogos serão transmitidos na íntegra, com comentários atuais, num formato documental. Rui Miguel Guimarães (SIC) e Rui Miguel Tovar (jornal i) serão os comentadores de todos os jogos.

Pode ver a promoção aqui.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close