“Alguém Perdeu”: Resumo dos próximos episódios

"

A CMTV já divulgou os resumos dos próximos episódios de “Alguém Perdeu”:

Episódio 2 (18 a 24 de agosto)

Sem conseguir lidar com a morte do filho, Leonor tenta matar-se com um abre cartas mas Madalena consegue evitar o pior com a ajuda de Bruno e Rodrigo.

Madalena fica estática e sustem a respiração ao ver a filha com os olhos vidrados e rosto desesperado a empunhar o abre cartas cerrando a mão com muita força. Madalena tenta convencê-la a largar o objecto mas a filha não cede e quando faz o gesto para cortar o pulso, a mãe atira-se a Leonor para impedir que se corte. Madalena tenta sem sucesso tirar-lhe o abre cartas. Quando alertados pelo barulho, Bruno e Rodrigo chegam à sala e conseguem separá-las. Sem querer ao ser puxada por Bruno, Leonor ainda acaba por ferir a mãe no braço.

Bruno leva Leonor para o quarto e tenta chamá-la à razão, lembra-lhe que não foi só ela que perdeu o filho mas acaba por não ser bem sucedido. Madalena tenta desculpar a filha e explicar a Rodrigo que não foi a filha que a atacou mas sim ela que tentou impedi-la de se cortar. Para evitar mais interrogatórios da polícia, Rodrigo telefona a Bárbara e leva Madalena à clínica para ser cozida no braço que não pára de sangrar. Alexa telefona a Isa a contar que Madalena chegou à clínica a sangrar. O mexerico leva logo as duas a imaginarem o que terá acontecido, acabando por se fixarem-se na tese de Leonor ter tentado matar a mãe.

Bárbara, revela a Madalena que Eduardo acabou por perceber o que se passou porque estava ao lado dela quando Rodrigo ligou para lhe pedir para ir à clínica. Madalena tem receio que Eduardo sendo juiz tente fazer alguma coisa e insiste que foi um acidente. No entanto, Bárbara diz-lhe que se ele achar que foi um ataque deliberado não há nada que o faça parar. Madalena e Rodrigo ficam muito preocupados. E têm razão para estar porque em conversa com a filha, Eduardo mostra estar convicto que Leonor cometeu um crime e tem de pagar por isso. Mariana bem tenta demover Eduardo lembrando que Leonor é filha de Madalena mas ele mostra-se irredutível. E como se não bastasse, Mariana fica em choque quando abre uma notificação na rede social em que se insinua que Leonor tentou matar a mãe. Muito preocupada Mariana diz a Magda que acredita que se o pai tem acesso ao que corre nas redes sociais não vai ficar parado. Leonel também vê o post na rede social “Olho Vivo” e fica muito incomodado e até exaltado com a calúnia em relação a Leonor.

Bruno, tem consciência do risco que Leonor corre e tenta conversar com ela sobre isso mas a mulher parece ter desistido da vida e incapaz de superar a dor que sente pela perda do filho nada realmente lhe importa. Bruno pede-lhe para se apoiar nele para não se deixar afundar, para reagir, mas Leonor acha que a sua dor é maior do que a dele e acusa-o de nem sequer estar a sofrer. A fazer-se de forte para tentar ajudar a mulher, quando Leonor sai do quarto, Bruno acaba por chorar convulsivamente agarrado à fotografia do filho.

Ao contrário de Rodrigo, Madalena acha que podem continuar na mesma casa e ajudar Leonor a superar a dor. No entanto, Bárbara diz-lhes que a rapariga ainda pode ficar mais agressiva. Madalena está disposta a enfrentar tudo e todos para ajudar a filha, no entanto Rodrigo lembra-lhe que é preciso que Leonor queira.

Leonel vai confortar Leonor e fica perplexo ao perceber que afinal o que aconteceu foi que ela se tentou matar e não como diziam nas redes sociais que tinha tentado matar a mãe. Leonor confessa que só tem vontade de morrer e que culpa a mãe pelo que aconteceu porque era ela que estava a tomar conta do filho. Leonel insiste em que foi um acidente mas Leonor mostra-se muito revoltada por estar a passar por tanta dor. Ele lembra-lhe que ainda pode engravidar mas Leonor adianta que isso pouco adianta porque não consegue levar a gravidez ate ao fim.

Ricardo e Zeca não se entendem e chegam mesmo quase a vias de facto quando Ricardo avisa o irmão que não quer Vanda em casa deles nem esquemas que o envolvam a ele com a advogada. Zeca insinua-se a Vanda e em troca leva um estalo. A advogada lembra-lhe que só o tirou da cadeira para agradar a Ricardo. Despeitado, Zeca diz-lhe que Ricardo de certeza que deve estar embeiçado por alguma miúda porque tinha um fio na mão com uma medalha e não parava de olhar para ele. Vanda recebe a informação como um balde de água fria mas rapidamente reage e pede a Zeca para tirar o fio ao irmão e chamar Sérgio.

Ricardo confessa a Isa a sua desilusão pelo comportamento do irmão e dá a entender que a morte dos pais não foi um acidente e que envolveu Zeca. Isa fica intrigada e tenta perceber melhor o que ele quis insinuar mas percebendo que tinha ido longe demais, Ricardo retrocede e desvaloriza o que disse. Leonel percebe que Vanda anda a tramar alguma, mas Quitéria defende-a, lembrando como foi uma boa irmã para Ana ao interná-la numa clínica psiquiátrica muito cara depois da separação de Hugo. Já em casa de Vanda, Sérgio pergunta-lhe o que ganha para lhe fazer o serviço que a vai ajudar a aproximar de Ricardo. Sem rodeios, a advogada atira-se a ele despindo-se e agarrando-o no que considera ser um pagamento antecipado.

Madalena e Rodrigo conversam com Eduardo e explicam-lhe tudo o que se passou entre ela e Leonor concluindo que não houve crime nenhum. Eduardo aceita as explicações mas deixa a entender que ficam em dívida para com ele. Magda fica furiosa com a atitude do irmão de querer prejudicar a família e não percebe como Mariana não vê que Eduardo é um machista autoritário e insensível, até pela forma como trata o filho. A cunhada não percebe como é que uma mulher bonita e inteligente continua a aturar o irmão mas Bárbara nada diz e disfarça a sua amargura.

Eduardo vê pornografia no computador quando é surpreendido por Miguel a entrar na sala com as unhas pintadas e um pijama em forma de túnica. Miguel percebe que o pai está a esconder alguma coisa mas Eduardo desvaloriza. Os dois discutem, Miguel diz-lhe que não é gay mas Eduardo ameaça mandá-lo embora de casa. Miguel confessa que o odeia e diz à irmã que está farto de ser humilhado. Mariana lembra que o pai é conservador.

Madalena explica a Bruno que Eduardo não vai fazer nada contra a família mas o genro reage mal perguntando-lhe se é suposto agradecer, depois do que ela fez com o filho. Rodrigo não gosta da insinuação, mas lembra-lhe que apesar de não se tolerarem devem estar unidos.

Madalena vai falar com a filha explicar-lhe que também esta a sofrer muito com a morte do neto. De costas, Leonor ouve-a sem nunca responder e quando Madalena termina Leonor de uma forma muito fria e muito firme manda-a sair do quarto. Madalena fica devastada e Rodrigo tenta consolá-la.

Levando por diante o plano articulado por Vanda, Sérgio finge um assalto à carpintaria e quando alertado pelo barulho, Ricardo entra no espaço e o rapaz atinge-o com uma garrafa na cabeça. Ricardo cai imediatamente. Zeca ajuda Sérgio a descobrir o fio no bolso das calças do irmão. Sérgio leva também a carteira as chaves e o telemóvel de Ricardo para simular um assalto e antes de sair, combinado com Zeca, bate-lhe na cabeça para ele ficar inanimado não levantando suspeitas do seu envolvimento. Ao sair vê um agente da PSP e assustado, achando que estavam ali por causa do assalto atira tudo para dentro do caixote do lixo. Vanda fica furiosa com ele e Sérgio promete recuperar o fio.

Magda visita Leonor e diz-lhe para não se preocupar com o trabalho. Simultaneamente pede a Bruno para apoiar Leonor e para não a largar. Sem Leonor e tendo de assumir a parte da comunicação, Magda convida a sobrinha Mariana para trabalhar com ela e ajudar no projecto de requalificação dos espaços verdes.

Bruno e Leonor vão levantar o corpo do filho. Mostrando uma determinação muito grande Leonor rejeita a ajuda de Rodrigo para tratar do funeral e com uma frieza ainda maior, diz à mãe que não a quer no funeral do neto. Madalena fica em choque.

Páginas: 1 2