"

“Paixão”: Saiba como vai ser o final da primeira temporada [vídeo]

Paixão

Paixão

A SIC vai dar por terminada a primeira temporada de “Paixão” neste sábado. A novela chega a uma nova fase na segunda-feira.

Leia o que vai acontecer no último episódio da primeira temporada de “Paixão”:

Luísa faz queixa de Zé a um inspetor da PJ e revela que este admitiu que matou os seus pais. Depois de ouvir tudo o inspetor assente em abrir o processo. Para pôr Zé em prisão preventiva, decidem comprar um bilhete de avião em seu nome.

Castro vê Zé a tratar dos curativos e este revela que foi Luísa quem o agrediu por achar que foi ele quem matou os seus pais. Castro perguntava-lhe se foi mesmo ele é Zé nega.

Bé desabafa com Tiago que não aguenta com ficar a viver na mesma casa com Ana Rita. Este duvida que ela seja capaz de viver longe daquele luxo mas Bé não se sente bem ali.

Manel espera por Vera que está na sessão fotográfica. O fotógrafo vai se aproximando dela e toca-lhe de forma lasciva. Sem que ele veja, Vera faz uma chamada a Manel que ouve tudo o que se está a passar. Tiago também se apercebe e ambos invadem o quarto. Tiago dá um murro no fotógrafo e avisa-o Para nunca mais se aproximar da irmã. Vera fica em pânico mas agarra-se ao irmão, deixando-o emocionado.

João oferece dinheiro a Ana Rita para se ir embora e Afonso reage mal ao ver aquilo. Chama cobarde ao pai e acusa-o de se estar a defender. Por fim, Afonso diz ao pai que é ele quem se devia matar.

A seguir, Afonso foge para as cavalariças e acaba por contar toda a verdade a Ana Rita. Quando eram crianças, depois de uma discussão com Isabel, João atropelou Sofia, sem querer, por estar embriagado. Afonso vê o pai sair de carro com Sofia no carro como se estivesse a dormir. Horas mais tarde, João e Isabel chamam a policia e dão Sofia como desaparecida. Afonso, ainda criança, percebe que o pai está a mentir. Quando o conforta, João espanca-o com um cinto e é Marilia quem consola o jovem. Sozinho, no quarto da irmã, Afonso vê o vídeo que regista o atropelamento da irmã e Marilia entra no quarto para o consolar. Também fica em choque com o que vê e como forma de proteger Afonso, fica ela com o vídeo.

Afonso sente-se culpado e Ana Rita está em choque com tudo o que acabou de ouvir.

O inspetor Diogo vai ao resort e detém Zé pelo homicídio  de Alexandre e Leonor Marreiros. Este nega tudo mas como tem um bilhete de avião em seu nome, fica detido em prisão preventiva. Zé debate-se mas é levado, algemado e vive a derradeira humilhação diante de toda a gente, incluindo Luísa e Miguel.

Dias depois, no aniversário de Catarina, Maria Paula oferece à neta um cachorro. Miguel, por sua vez, dá um fio com uma medalhinha, semelhante a uma que recebeu de Luísa, anos antes.

Na casa de acolhimento, Vicente é surpreendido pela chegada do seu avô que descobriu há pouco tempo que tem ali um neto. Todos ficam em choque, incluindo a criança.

Gil oferece a casa a Alice e decide ir viajar com Jessica. Esta fica emocionada e acaba por aceitar.

Na cela da prisão, Zé sente um grande vazio e agarra as barras de ferro, em desespero.

Em África do Sul, Helena recomeça a sua vida a trabalhar numa reserva natural.

Ana Rita e Afonso fogem da herdade sem se despedirem de ninguém. Saem, silenciosos.

Diana sente saudades de Duarte. Este está em Lisboa ao lado de Marina que desperta do coma profundo.

Durante a festa de Catarina no resort, todos estão muito bem dispostos, exceto César, um negro moçambicano que tem um semblante carregado. Todos comem e bebem animados e quando chega a altura de cantar os parabéns, Luísa repara em César e fica estarrecida quando o vê dirigir-e a Miguel com uma faca. Luísa tenta chegar a Miguel e coloca-se entre ele e a faca. César foge e Miguel só percebe o que se passa quando esta cai e se esvai em sangue, ficando desfigurado de dor.