"

«Às vezes somos injustiçados», Sónia Tavares em relação à reação do público

Sónia Tavares

Aproxima-se o momento da escolha dos finalistas do “Factor X”. As fases das audições e do bootcamp já lá vão e agora é tempo dos 3 jurados eliminarem concorrentes e decidirem quais os mais capazes de vencer o prémio final.

Sónia Tavares, Paulo Junqueira e Paulo Ventura vão entrar em confronto direto e aberto a partir de 1 de dezembro. Todos eles querem que os seus concorrentes saiam vencedores do “Factor X”. O prémio é um contrato discográfico com a Sony Music Portugal e um prémio em dinheiro no valor de 100 mil euros.

A jurada e cantora acha a tarefa de julgar «ingrata», ainda mais quando se está a decidir quem prossegue o sonho e quem fica pelo caminho. «Às vezes somos injustiçados porque o que chega ao público é diferente do que nos chega a nós», contou à Correio TV Sónia Tavares, que no dia da escolha do seu Top 8 passou por emoções fortes e enfrentou algumas críticas pelas suas escolhas.

«Passamos pelos maus da fita quando não temos o conhecimento que tem o grande público, quando chega à casa das pessoas», acrescenta a vocalista dos The Gift. Sónia Tavares aceita que cada pessoa possa fazer uma escolha diferente em relação aos concorrentes a passar, uma vez que «não há uma fórmula». «A avaliação é feita no momento e da perceção que temos da pessoa que está ali à nossa frente», acrescenta.

Este domingo é tempo de da ‘Decisão Final’. Sónia Tavares (adultos), Paulo Ventura (grupos) e Paulo Junqueiro (jovens) vão formar o seu Top 5 final e encontrar os 15 concorrentes que vão subrir à primeira gala, no dia 1 de dezembro. À sua espera têm Bárbara Guimarães e João Manzarra, que vão conduzir o espetáculo do “Fator X”.