Margarida Vila Nova justifica porque aceitou protagonizar “Lágrimas de Sal”

Com várias personagens de destaque no seu currículo, Margarida Vila Nova decidiu rumar para Macau para abraçar novos desafios que nada tiveram a ver com a ficção.

Apesar de ter feito uma curta participação em “Sol de Inverno”, a atriz estava longe das novelas desde “Sedução” – onde teve a sua última personagem de forma regular.

Três anos depois, a atriz regressa às grandes personagens em “Lágrimas de Sal” e justifica a razão de ter regressado para Portugal para protagonizar a nova novela da SIC.

«A expectativa em relação à novela é muito alta, mas de outra forma não teria atravessado o mundo. Estou confiante com esta decisão. Acho que é um projeto certo na altura certa», afirma à Noticias TV. «Mais do que uma protagonista, é uma personagem muito forte, com pano para magas para poder construir uma história forte, coerente, arrojada, apaixonante.»

Margarida Vila Nova vai dividir o protagonismo das cenas com Joana Santos, Ricardo Pereira e José Fidalgo: «Nunca trabalhei com a Joana Santos, mas já vi trabalhos dela. Já trabalhei com o José Fidalgo e com o Ricardo Pereira já deixei de fazer contas. Já lá vão 15 anos que nos conhecemos, temos partilhado projectos, personagens e fomos crescendo juntos. Portanto, sinto-me em casa», destaca.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close