"

Maria Vieira ‘atira-se’ a Herman José e humorista responde


Herman José e Maria Vieira

Herman José e Maria Vieira quando trabalhavam juntos

O Ministério da Saúde lançou uma campanha nacional de promoção de saúde pública. RTP, SIC, TVI e Porto Canal uniram-se ao movimento contra o açúcar escondido nos alimentos.

De Carnaxide a figura escolhida para a campanha foi Joana Solnado. A TVI indicou Lourenço Ortigão. Já o Porto Canal destacou Júlio Magalhães e a RTP, Herman José.

Foi precisamente a escolha da estação pública, que incidiu sobre o verdadeiro artista, que causou desagrado a Maria Vieira. A atriz não perdeu tempo em criticar a opção.

«Convidar esta simpática pessoa para fazer uma campanha que alerta para os ‘Perigos do Açúcar Escondido’ é a mesma coisa que convidar a Popota para uma campanha de emagrecimento!», escreveu Maria Vieira.

Herman José não perdeu tempo na resposta e não quis entrar em polémicas com a profissional com quem trabalhou anos. «A observação está certíssima, e a piada aceite! Durante a apresentação da campanha (que todos aceitamos fazer a custo zero), fui o primeiro a gozar com a situação. Na verdade expliquei que como saudável – só que muito… Nós os epicuristas não nascemos para ser magros», declarou Herman José.

Recorde-se que Herman José e Maria Vieira têm um longo percurso profissional em conjunto. A união começou ainda nos anos de 1980 e durou até “Nelo & Idália”. A sitcom protagonizada pelo humorista contou com uma participação especial da atriz.

Em relação à campanha ‘O açúcar escondido nos alimentos’, trata-se de uma iniciativa do Ministério da Saúde. O organismo definiu como um dos seus eixos prioritários de ação a promoção de saúde pública, dando especial ênfase às áreas da promoção da alimentação saudável, luta contra o tabagismo e promoção da atividade física.

E, sendo claro que a mudança de comportamentos se consegue, em grande parte, com educação, o Ministério da Saúde acredita que a aposta na literacia e, neste sentido, em campanhas nacionais de promoção de saúde pública se traduzirá em melhorias nos comportamentos e nos estilos de vida dos portugueses. E, por conseguinte, na saúde de todos.

Cerca de um terço das crianças portuguesas tem excesso de peso ou já sofre de obesidade e considerando a população adulta essa percentagem ultrapassa os 50%. Os dados mais recentes mostram ainda que um em cada dez portugueses sofre de diabetes.

É preciso inverter este caminho, que está a roubar anos de vida saudáveis aos portugueses. E essa mudança terá de passar, desde logo, por uma alteração nos hábitos de consumo alimentares, como a redução na ingestão de sal, açúcar e gorduras trans.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close