"

SIC já definiu o que substituir o “Juntos à Tarde”


Juntos à Tarde

Gabriela Sobral e Luís Proença, Diretores de Programas SIC

Com o final do “Juntos à Tarde” oficializado, a SIC está a repensar numa nova estratégia para as tardes dos dias úteis.

Chegou a ser avançado que a estação estaria a trabalhar num novo formato para suceder o talk show de Rita Ferro Rodrigues e João Baião, mas parece que tal não se vai concretizar.

Segundo a imprensa especializada, Gabriela Sobral e Luís Proença, diretores de programas vão apostar em novelas durante as tardes de segunda a sexta-feira.

Esta estratégia não é nova no canal. Entre 2000 e 2002, Emídio Rangel e Manuel Fonseca, antigos diretores de programas da SIC preencheram durante a tarde dos dias úteis com reposições de novelas da Globo.

“História de Amor”, “A Viagem”, “Chiquinha Gonzaga” ou “A Próxima Vitima” foram alguns dos sucessos exibidos no arranque da tarde, às quais se juntavam às inéditas “New Wave”, “Uga Uga” e “O Cravo e a Rosa”.

Atualmente, a SIC emite apenas uma novela à tarde, na hora de almoço: “Sol de Inverno”, imediatamente antes do “Juntos à Tarde”. Até ao verão passado, a novela da Globo era exibida na faixa das 19h, onde agora é emitido o “Linha Aberta” de Hernâni Carvalho.

“Novo Mundo” foi a última novela brasileira em exibição nas tardes da SIC. Com fracas audiências, a trama foi ‘atirada’ para as madrugadas.

Resta apenas saber se as novelas a serem repostas serão portuguesas ou se a estação vai voltar a apostar na reposição de ficção made in Globo.

Recorde-se que o “Juntos à Tarde” termina no dia 23 de fevereiro de 2018. João Baião já teve o seu contrato renegociado.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close