“A Única Mulher”: Resumo de 29 de junho a 5 de julho

Anterior1 de 6Seguinte

A TVI já disponibilizou o resumo da novela “A Única Mulher” da semana de 29 de junho a 5 de julho.

Episódio 93

O corpo de Norberto jaz no chão e uma poça de sangue forma-se junto à cabeça. Raul vai certificar-se de que ele está morto, quando ouve a porta a abrir-se e, pegando na declaração e na arma, se esconde noutro compartimento. Bino entra no quarto e nem acredita no que vê.

Luena admite a Rafaela que enviou uma mensagem a Norberto a avisá-lo do perigo, mas que já não foi a tempo.

Luís Miguel chega ao hotel e dirige-se ao elevador. Bino desce no elevador, procurando não ser visto. Raul escapa-se pelas escadas de serviço.

Luís Miguel encontra o pai junto ao corpo de Norberto. Este garante que ele está vivo e pede ao filho para chamar uma ambulância. Artur aparece no quarto e fica chocado.

Arsénio avisa Mara de que o pai foi baleado e está no hospital.

Bino chega a casa de noite muito nervoso. Pressionado pela desconfiança da esposa, ele admite que Norberto levou um tiro. Entretanto, Norberto é operado no hospital.

Jorge explica a Luís Miguel e Artur que a porta do quarto de hotel estava aberta e encontrou Norberto caído no chão. Artur revela que Norberto estava à espera de uma visita de Américo, que estava a subir quando ele o deixou sozinho.

O rececionista do hotel confirma ao inspetor da PJ que um indivíduo chamado Américo Dinis subiu para falar com Norberto.

Mara pressente que Neuza e Arsénio sabem mais do que lhe revelam. Ela decide ir para Lisboa para estar junto do pai. Neuza prontifica-se a ir com ela.

Yolanda não tem dinheiro para as passagens para Lisboa, mas garante que vai no jacto de Mara, nem que seja na cauda do avião. Kizua nota que ela gosta mesmo de Norberto, e não só do dinheiro dele. Ela disfarça, mas acaba por chorar depois de ele sair.

Isaurinha está preocupada que Bino possa ser identificado por ter estado no hotel. Ele acha que só pode ter sido Américo quem baleou Norberto. A esposa aconselha-o a ir à polícia, mas ele receia que possa ser suspeito do crime.

No hospital, um cirurgião informa Luís Miguel e Artur que Norberto está em coma e agora só resta esperar.
Daniela fica em choque ao saber, na construtora, que Norberto foi baleado.

O inspetor Camacho pede informações a Laura sobre Jorge Sacramento, informando-a de que ele e o filho encontraram Norberto caído no chão do hotel. Bino ouve-os mencionar Américo.

Luena e Rafaela visitam Norberto no hospital. Ela sente-se culpada e pede para ficar sozinha com ele. A amiga aconselha-a a salvaguardar a sua posição para que a polícia não descubra o seu envolvimento no crime.

Camacho recebe uma chamada a avisar que um corpo foi encontrado junto ao hotel. O corpo encontrado é de Américo. Laura repara no ferimento e Camacho confirma que ele foi baleado no mesmo sítio que Norberto.

Rafaela e Luena entram no Estúdio 7. Ela tem uma aula para dar e parte para dentro. Ouve-se um grito abafado. Rafaela corre alarmada para a sala de aula. Raul agarra Luena por trás e tapa-lhe a boca. Ele exige falar com Luena a sós. Diz-lhe que o trabalho está feito, e vai regressar a Angola com o passaporte falso. Ela não esconde os remorsos e revela-lhe que Norberto não morreu, está em coma no hospital. Ele fica furioso e sai determinado.

Laura agradece a Camacho tê-la chamado a participar na investigação. Ele diz-lhe que falta confirmar se o homem que o rececionista viu no hotel é Américo. Laura recorda que se ambos foram mortos pela mesma arma, o autor dos crimes é a mesma pessoa.

Ana Maria retira roupas do armário de Daniela, furtiva. Ela entra na rua, desanimada. Tentou visitar Norberto no hospital, mas disseram-me que ele só podia receber visitas de familiares. Quando apanha a amiga a sair do quarto dela com um saco cheio de roupa, não desconfia de nada. Daniela fecha-se no quarto a chorar. Ana Maria entra para lhe entregar a chave. Fragilizada, esta confessa que gosta mesmo do Norberto. A amiga incita-a a tentar vê-lo no hospital.

Bino partilha com a esposa o pedido de emprego de Isabel, mas Isaurinha desconfia que ela se possa atirar ao marido, depois do que leu nos jornais. Os inspetores Laura e Camacho pedem para falar com Bino. Ele admite à polícia que conhecia Américo e fica chocado ao saber que ele foi encontrado morto. Camacho tenta saber se ele sabe alguma coisa, mas ele diz que não.

Os dois inspetores saem da hamburgueria seguidos por Bino. Raul espia-os ao longe, com um olhar temível. Bino olha na sua direção e consegue vê-lo, mas ele afasta-se apressado.

Norberto contínua inconsciente, velado por Mara. Neuza e Arsénio entram no quarto e ela exige saber o que eles estão a esconder dela. Ela fica chocada quando lhe revelam que o pai foi encontrado por Jorge e Luís Miguel.

Bino revela à esposa que Américo foi morto e que ele e a família correm perigo. Ele fica paralisado ao ver Raul a vigiar discretamente a casa dele e confessa à esposa que ele e Américo suspeitavam que Raul pretendia matar Norberto e tentaram avisá-lo.

Mara vai ao apartamento de Luís Miguel. Ele abraça-a longamente e ela chora nos braços dele, ambos esquecidos do ressentimento que os separava. Ele explica como ele e o pai encontraram o corpo de Norberto. Ela avisa-o que Américo foi encontrado morto.

Interrogado pela polícia, Artur revela que Norberto veio a Lisboa por causa de um escândalo sexual em que a empresa se viu envolvida e que Jorge o acusou de ter promovido uma campanha de difamação contra ele. Artur salienta ainda que o mal-estar entre os dois era antigo, por causa da venda da empresa e do romance entre os filhos. E admite que Norberto se preparava para lançar um comunicado a demarcar a empresa da antiga direção.

O inspetor Camacho informa Jorge que Américo foi encontrado morto. Depois de eles saírem, ele confessa a Pilar que está certo de que passou a ser o principal suspeito no crime.

Anterior1 de 6Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close