"

Semana 44: Mercedes é interrogada

Esta semana em “Podia Acabar o Mundo”:

                            (29 a 04 de novembro de 2012)

 

139º Episódio

Eduardo é informado que Daniel entrou em casa de Vera e murmura que o dentista está a brincar com o fogo.

Vitória, muito desanimada com a relação com Rodrigo, recebe o incentivo de Inês que lhe dá força para que lute pelo amor da sua vida.

Mercedes está furiosa com os jornais que noticiam que existem mais provas contra si e descarrega a raiva em Jeremias. Este fica surpreendido quando a espanhola lhe pede para que diga a Rui que quer falar-lhe com urgência.

Máquina faz um escândalo no café Pão Quente ao ler no jornal que Mercedes raptou João. Quer puni-la a todo o custo e começa a chorar por não ter o apoio dos presentes. Sónia é a mais espantada com a reacção de Máquina.

Depois de uma noite de amor, Vera e Daniel preparam-se para ir trabalhar, quando ela recebe uma chamada que lhe trás uma boa notícia sobre o julgamento de Luísa.

Eduardo fica furioso ao saber que Daniel passou a noite com Vera e descarrega o mau humor em Marta e Emídio.

Rodrigo cruza-se com Vitória e diz-lhe que têm de conversar de uma vez por todas. Ela não mostra grande disposição para ter essa conversa.

Luísa agradece a Rogério ter estado sempre ao seu lado nas horas mais difíceis e o seu precioso testemunho em tribunal.

Rui aceita falar com Mercedes mas apenas para que o pai, Jeremias, não sofra qualquer represália.

Nuno agradece a Cláudia por substitui-lo no centro de saúde enquanto durar a lua-de-mel. Sónia visita Cláudia confortando a namorada pelo desgaste que sofreu durante o julgamento da tia Luísa. Sónia conta ainda a Cláudia a estranha reacção que Máquina teve contra Mercedes ao ver no jornal que ela raptara João.

Justina surpreende Vítor ao pedir-lhe que substitua o marido e leve Rosário ao altar no casamento com Nuno.

Geraldo fica intrigado ao saber que Rui está lá em casa para falar com Mercedes. Esta já destila o veneno revelando a Rui que quem financia a campanha de Geraldo é Eduardo Morais.

Catarina revela em tribunal que Eduardo a chantageou, vincando bem a falta de carácter do antigo patrão.

Mercedes deseja aliar-se a Rui e oferece-lhe dinheiro para que possa combater Geraldo na campanha eleitoral com armas iguais. É também uma forma de roubar o poder que Eduardo pretende conquistar à frente da Quinta do Paço. Apesar da proposta de aliança, ser tentadora Rui acaba por recusar deixando Mercedes furiosa por não conseguir o que desejava.

Marta tenta fazer com que o tribunal fique a pensar que foi Catarina a seduzir Eduardo e não o contrário.

Sara testemunha a favor de Luísa e confirma que esta foi vítima da brutalidade de Eduardo. Quando Marta a tenta descredibilizar, Sara é arrasadora na defesa da amiga. O que deixa Eduardo rubro de raiva. Vera e António readquirem a confiança.

Geraldo pede satisfações a Rui querendo saber a razão do encontro deste com Mercedes e ameaçando tornar publica a aliança com uma das pessoas mais odiadas pelos populares.

Jeremias felicita Rui por não aceitar o dinheiro de Mercedes mas o filho teme agora que Geraldo o prejudique na campanha.

Vera causa sensação no tribunal ao apresentar Nazaré como testemunha contra Eduardo.

Máquina tenta invadir a Quinta do Paço berrando contra Mercedes mas esbarra nos seguranças. Entretanto, no Pão Quente, Vítor mostra-se preocupado com o amigo e acredita que ele foi procurar Mercedes para a castigar. Os seguranças dominam Máquina e largam-no desmaiado no campo.

Nazaré deixa Eduardo em grandes dificuldades ao contar que ele a agrediu barbaramente em Angola, fazendo-a perder o filho de ambos.

Páginas: 1 2 3 4 5