“Prisioneira”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 23 (17 a 23 de junho)

Helena apanha um táxi para o aeroporto e fica indignada quando ouve Teresa chamar Diogo de filho da mãe. Omar chega a Al Aradhi.

Diogo não percebe o que Teresa está a dizer, e ela explica que Omar foi embora e anui que deve ter sido por ele ter contado a ligação dela à PJ, e Diogo nega qualquer envolvimento.

Mário está convencido que Leonor se escondeu no escritório e explica-lhe que o que ela viu não tem significado nenhum e só está com Graça, porque ela tem documentos que o comprometem.

Graça pergunta a Glória como está a correr o processo do assédio e ela sugere que Graça ofereça algum dinheiro a Cabé e Rúben, para eles ficarem calados.

Glória sai do escritório e dá de caras com Tomé, que lhe pede metade do dinheiro, mas Glória vira-lhe costas. Glória entrega mil euros ao pai e pede-lhe a faca em troca, mas Vítor começa a fazer-se de vítima e dá a entender que aquilo é uma garantia para si.

Glória conta a Fredy que conseguiu sacar dinheiro a Graça, mas que teve de dá-lo ao pai e conta ainda que descobriu que Tomé tem negócios de droga com Besugo.

Tomé entra num armazém e vai ter com James, e mostra-lhe que conseguiu a droga que era do irmão. Fredy acha que Glória viu mal ou que Tomé foi simplesmente comprar cocaína para ele.

Fredy finge não se importar que Glória tenha estado com Tomé e avisa que vai dormir com Beatriz.

Fredy está furioso e com ciúmes e faz sexo selvagem com Beatriz. Lídia continua chocada com o que descobriu sobre Júlio e este quer saber qual é o preço para ficar calada sobre o que descobriu a seu respeito. Teresa conta à mãe que Omar se foi embora e não deixou nenhum recado, e Lídia anui que já previa que isto pudesse acontecer.

Diogo já contou a Margarida que Teresa é infiltrada e diz-lhe que está disposto a fazer qualquer coisa para ajudar Teresa. Teresa não quer desistir de Omar e Lídia acha que a relação dela não vai conseguir ultrapassar as diferenças culturais.

Samira fala ao telemóvel com Letícia e conta que viu Omar, e que ele terá as suas razões para não querer falar com Teresa. Leila ouve a conversa e reprova que Samira tenha mentido.

Helena chega ao hotel em Al Aradhi e tem vontade de chorar com a falta de condições, e foca-se nos próximos passos para encontrar o neto. Teresa chega a casa e quando vai fechar a porta, aparece Vitória, que a acusa de a ter feito perder o filho. Margarida não gosta que Diogo use os serviços de estado para resolver um problema amoroso de uma amiga.

Carolina aparece e conta a Diogo que fez um teste de paternidade e agora tem mesmo a certeza que é filha dele. James lembra Tomé que o acordo era ele entregar dez mil por mês, e que isso não está a acontecer, e ameaça-o que se não cumprir, está fora.

Fredy já percebeu que Tomé tem conhecidos no bairro, e anui que Glória tem mais armas do que ele, para sacar informações a Besugo.

Glória não gosta que agora seja cada um por si. Fredy manda uma mensagem a Beatriz e Glória ouve. Lídia vê Mário com Leonor e sugere que talvez ela seja a razão para Mário ter trocado de perfume e Graça acha que não, e explica que ela está a ajudá-los no caso de assédio. Carolina explica que já tinha o resultado do teste há alguns dias, mas preferiu estuda-lo primeiro e conhecer um pouco da sua vida.

Diogo fica admirado com a astúcia de Carolina e ela comenta que viu algo estranho e mostra uma foto de Vitória a entrar no prédio com uma faca. Diogo consegue abrir a porta de Teresa e entra de arma em punho. Os corpos de Teresa e Vitória estão caídos no chão e ambos têm ferimentos.

Teresa é socorrida enquanto recorda momentos bons que viveram com Omar. Tomé está a pensar numa solução para o seu problema, quando Glória lhe liga e combinam encontrar-se. Estão todos em casa de Letícia à espera de notícias de Teresa, que está a ser operada.

Vítor aparece e fingem que ele é um antigo funcionário da pedreira, e que por conhecer Teresa desde pequena, está preocupado com o estado dela. Júlio diz que é provável que Teresa perca o bebé e Vítor fica genuinamente desolado.

Diogo está fora de si com o que aconteceu a Teresa e Margarida sugere falarem com Omar, mas Diogo diz que ele continua incontactável.

Samira recebe uma chamada de Letícia, que lhe conta que Teresa foi atacada e pede-lhe para avisar Omar. Samira finge ficar preocupada, e assente que não tem forma de o contactar, por Omar ter ido para o deserto. Desliga a chamada e dirige-se a Omar e não lhe conta nada.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close