“Onde Está Elisa?”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 56 (14 a 20 de janeiro)

Rui já está com a pulseira eletrónica colocada e Raquel dá as últimas instruções e sai. Francisca e Rui acabam por discutir outra vez. Carlos entra com Elena em casa, ainda a digerir a informação de Yuri e Elena tenta beijá-lo, mas Carlos diz que precisa estar sozinho.

Rui fala com Francisca sobre como é que a relação deles chegou àquele ponto. Carlos recebe Anabela na sua casa e conta-lhe sobre a mensagem que Yuri lhe deixou.

Bruno oferece um livro a Elisa e lê-lhe umas linhas e Elisa cita de cor o poema e chora. Carlos e Anabela continuam a conversar e o inspetor vai buscar as fotos de Elisa adormecida e comenta com Anabela, achar muito duvidosas as provas que incriminam Rui.

Elisa e Bruno acabaram de se envolver e Elisa revoltada, atira com um candeeiro e Bruno tenta acalmá-la, dizendo-lhe que neste momento já não há retorno.

Já prenderam uma pessoa e muito em breve vão poder sair do país e viver a sua história de amor. Elisa recorda o passado. Elisa encontra Matilde no colégio e pede-lhe que diga à professora que ela está doente. Encontra-se com Bruno e ouvem música no carro.

Bruno e Elisa chegam à casa abandonada e Elisa lê poema do seu livro castanho. Bruno beija-a e Elisa corresponde apaixonada. Deitam-se no chão e começam a despir-se. Bruno chega e Constança diz que Rui está em prisão domiciliária.

Constança abraça Bruno e pergunta porque nunca mais fizeram amor e Bruno promete que as coisas vão mudar. Constança acorda Bruno e diz-lhe que Matilde e Gonçalo não querem ir para a escola, por tudo o que se está a passar com a detenção de Rui.

Carlos sonha com a família, tocam à campainha e é Tiago, que manifesta que sente a falta de Carlos na investigação. Carlos relembra-o que está suspenso e Tiago confronta-o pelo facto de ele ter estado no bar de strip.

Sebastião diz que também não quer ir ao colégio, por tudo o que andam a dizer sobre a sua família. Constança e Bruno tentam convencer os filhos a ir à escola e Gonçalo e Matilde negam.

Rui pergunta por Francisca a Sofia que lhe diz que foi levar as filhas ao colégio. Rui abre a porta e fica contente por ver Joana. Rui pede a Sofia que prepare algo para comerem e Joana senta-se, um pouco nervosa.

Francisca conversa com Carlos e diz-lhe que não acredita que Rui possa ter feito mal a Elisa e pede a Carlos para não a abandonar agora e abraçam-se.

Tiago quer saber se Júlio desconfia que Carlos matou o Yuri e Júlio sugere ele investigue. Inácio leva Sebastião para passar o dia com os primos por não irem à escola.

Rui diz a Joana que vai voltar a trabalhar na Fundação e pede-lhe que arranje provas de que ele foi ao Algarve naquele fim-de-semana de que foi acusado que estaria com Elisa.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close