“Onde Está Elisa?”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 51 (7 a 13 de janeiro)

Bruno e Constança tomam o pequeno-almoço, Gonçalo entra e pergunta ao pai onde é que ele esteve, pois chegou já eram 4 da manhã e Bruno ignora-o. Carlos explica a Francisca que Elena é uma informadora sobre o homicídio da sua mulher e filha.

Rui e Zé Pedro estacionam perto da casa de Carlos, Rui decidido sai do carro e segue para dentro do prédio.  Francisca pede desculpa pela sua atitude e faz-lhe declaração de amor. Tocam à campainha e Carlos pede a Francisca que vá para dentro. Rui agarra Carlos pelos colarinhos e pergunta por Francisca.

Rui entra no carro completamente consternado e liga ao Procurador e diz-lhe que precisa falar com ele. Inácio diz a Sebastião que se despediu e o filho incentiva-o a ir à luta e não permitir que Alexandra fique com tudo o que é dele. Bruno chega para falar com o Inácio.

Alexandra informa Olívia que Inácio se despediu e Olívia fica preocupada. Bruno tenta demover Inácio a despedir-se.

Zé Pedro recebe o Procurador e encontram Rui caído no chão, com uma mão no peito. Sofia recebe telefonema de Zé Pedro, Francisca chega e Sofia diz-lhe que Rui foi levado para o hospital. Francisca chega ao hospital e Zé conta-lhe que Rui teve um enfarte e que a culpa é dela.

Carlos chega e Raquel diz-lhe que o Procurador perguntou por ele, uma vez que Rui lhe ligou e parecia muito alterado. Raquel pergunta a Carlos se sabe o que se passou e Carlos desvaloriza.  Constança e Olívia chegam ao hospital e Francisca vem do interior e diz que Rui precisa repouso, mas vai ficar bem, foi só uma ameaça de enfarte.

Bruno informa Alexandra e Joana do que aconteceu a Rui e Joana quer ir vê-lo. Alexandra e Bruno tentam demovê-la, uma vez que está no hospital a família em peso e não há necessidade de ela se expor daquela maneira. Carlos está reunido com a sua equipa, entra o Procurador e pede para falar imediatamente com Carlos.

Rui está deitado na cama, sedado. Constança e Olívia ladeiam a cama e Francisca olha fixamente para Rui carregada de culpa. Joana chega para ver Rui e Zé Pedro diz para ela se ir embora. Francisca aproxima-se e acaba por permitir que Joana visite Rui. Olívia e Constança ficam incrédulas com a entrada de Joana e Rui fica comovido com a chegada dela. Joana trata-o por “amor” e Constança exalta-se.

Olívia diz à irmã para saírem e Constança não tolera ver Joana ali. Olívia conta a Constança que saiu de casa porque ama Alexandra. Olívia pede-lhe que respeite a sua decisão e Constança está irritadíssima. Alexandra diz a Ana que quer levar os quadros porque vai fazer uma exposição na Fundação.

Francisca entra no quarto de Rui e fica assustada quando Rui lhe pergunta há quanto tempo o anda a trair. Rui insiste com Francisca e esta diz-lhe que não é o momento oportuno para falarem e pede-lhe para ele se acalmar pois Joana, esteve ali a visitá-lo.

Ana está a trabalhar no guião “Desaparecida” quando Mário entra: Mário pede-lhe que volte para o jornal e faz-lhe proposta irrecusável. Ana diz-lhe que o jornalismo para ela acabou e Mário promete arranjar outra jornalista muito melhor.

Ana continua a escrever o guião. Yuri quer saber se Elena falou mesmo com a polícia sobre o Zé Lenka. Elena confirma e que se ele lhe contasse como realmente arranjou aquele dinheiro poderiam arranjar um alibi para ele quando a PJ ali voltasse.

Yuri diz a Elena que é um assunto dele. Constança quer perceber se Rui e Francisca discutiram de manhã e Francisca diz que não discutiram e pede a Constança que deixe de tentar encontrar um culpado para o estado de Rui. Olívia diz que o melhor é irem-se embora, porque andam todos muito nervosos. Carlos liga a Francisca e percebe que a chamada foi rejeitada.

Gonçalo e Matilde estão a ver um filme, quando Bruno desce, pronto para sair. Gonçalo pergunta ao pai onde vai e Bruno diz que não lhe deve satisfações. Elisa tenta libertar-se da corrente a que está presa. Carlos continua a beber e volta a ligar para Francisca. Francisca atende telefone e fala-lhe do estado de Rui.

Carlos conta-lhe que Rui ligou ao Procurador e Francisca desliga quando é interrompida por Carolina que pede para dormir com a mãe. Elisa tenta liberta-se, mas sem sucesso. Ouve a porta a abrir, esconde a faca e senta-se na cama.