“Onde Está Elisa?”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 6 (24 a 30 de setembro)

O corpo de Alberto é cercado pelo aparato policial e curiosos, enquanto a mulher deste, conta a Carlos que o marido era obcecado com os Menezes e que andava a chantageá-los, mas que não foi ele quem levou Elisa.

Olívia está devastada com o envolvimento do filho com Elisa e Inácio acusa Sebastião de ter dado a volta à prima, mas este revolta-se contra o pai e pede-lhe que o defenda uma vez na vida, até porque Elisa acabou tudo e gozou com ele na noite em que desapareceu.

Alguns polícias examinam a entrada do prédio de Alberto. Carlos chega e entra no prédio, ao entrar na sala de Alberto, vê o nome de Elisa escrito num bloco, quando um polícia vem do interior e o chama para ir com ele.

Carlos é levado por um polícia até a um quarto escuro, onde existem na parede muitos recortes de jornais, todos sobre os Menezes e uma velha fotografia onde Alberto e Rui estão na inauguração duma obra. Carlos conclui que Alberto era mesmo obcecado com a família de Rui.

Carlos diz a Rui e Francisca que Alberto nunca teve Elisa, pois só fez o primeiro telefonema a fazer chantagem depois de ouvir as notícias sobre o desaparecimento da miúda na televisão. Rui quase se pega com Carlos, mostrando-se arrogante e desagradado com o modo como ele está a conduzir a investigação, alertando-o que Sebastião esconde qualquer coisa.

Na redação, Ana e Mário veem televisão. O noticiário dá conta do suicídio de Alberto Ventura, suspeito do desaparecimento de Elisa.

Francisca e Rui assistem ao noticiário. O pivot das notícias referencia que Alberto é um ex-funcionário da Menezes Construção, despedido e preso por suspeita de desvio de fundos.

Francisca questiona a Rui quantos inimigos dele terá de enfrentar, já que o marido só os tem colecionado nos últimos anos, e Rui pergunta-lhe se o está a culpar pelo desaparecimento da filha, mas Francisca sai sem lhe dar resposta.

Ana diz a Mário que precisa de arranjar uma fonte na PJ.

Inácio procura Alexandra para desabafar e ela, enrolada numa toalha, tenta despachá-lo, dizendo ter um compromisso. Inácio insiste em ficar, mas, quando percebe que ela não está sozinha, vai embora irritado. Olívia aparece do interior, também ela enrolada numa toalha de banho como Alexandra.

Carlos diz a Raquel que Rui reagiu mal à conversa dele e pergunta a Raquel se tem descansado, o que a deixa surpreendida, mas ele diz estar preocupado com a colega. O telefone de Carlos toca e ele sai para atender Francisca, sob o olhar desconfiado de Raquel.

Rui pede desculpa a Constança por não lhe ter contado antes o que se passava e ela acha que Alberto pode não ter agido sozinho. Rui pergunta-lhe se ela já sabe mais alguma coisa sobre a história da mensagem no Facebook de Elisa, mas Constança garante ter sido um hacker que se apoderou do seu IP e diz que põe as mãos no fogo pelos filhos. Rui revela-lhe que Gonçalo lhe mostrou provas do envolvimento de Elisa com Sebastião, deixando-a chocada e garantindo-lhe que o sobrinho esconde alguma coisa.

Gonçalo e Sebastião discutem e Sebastião arranca o telemóvel das mãos do primo.

Francisca encontra-se com Carlos na praia e diz ao inspetor que a história de Alberto Ventura só a fez ter certeza que o marido lhe esconde muitas coisas.

Sebastião parte o telemóvel de Gonçalo, quando Bruno aparece e exige explicações, mas Sebastião diz ao tio para pedi-las ao filho dele.

Francisca diz a Carlos que não conhece o marido, não conhecia a filha, não conhece os sobrinhos e Carlos apoia-a com palavras de incentivo, que levam Francisca a dizer que se sente segura com ele, o que aumenta o clima já existente entre ambos.

Rui, Francisca, Carolina, Patrícia, Sofia, Bruno, Carmo, Gonçalo, Matilde, Olívia, Inácio, Zé Pedro, Joana e Amigos da Família assistem a missa por Elisa. A família é incomodada por um barulho exterior e Rui fica furioso ao perceber que é a imprensa. Há operadores de câmara e jornalistas, entre os quais Ana, à porta da igreja.

Rui, irritado, diz que a imprensa não respeita ninguém, mas Francisca diz-lhe para ignorar os jornalistas. Só que Rui não aguenta e avança disparado em direção à saída da igreja.

No seu quarto, Sebastião fuma um charro e remexe numa caixa de recordações, onde está um bilhete de Elisa a dizer que o adora.

A missa continua e Rui, Francisca, Constança e Olívia assistem a tudo com atenção. Os jornalistas fazem reportagens para as respetivas televisões, dando conta dos acontecimentos em torno do desaparecimento de Elisa. Rui sai da igreja descontrolado e manda os jornalistas embora sob pena de os processar a todos. Francisca vem buscar o marido, pedindo-lhe que os ignore e conseguindo levá-lo de volta para o interior da igreja.

Ana conta a Manuel da cena que Rui fez com os jornalistas e diz que se manteve bem demarcada dos colegas, para que Francisca a achasse diferente dos demais.

A família Menezes está reunida em casa de Rui, que acusa Olívia e Inácio de serem os responsáveis pelo carácter de Sebastião, mas Bruno diz que não ganham nada em atacar-se uns aos outros. Francisca pergunta se não terá sido Matilde a escrever aquela mensagem no Facebook e Constança logo disfarça, dizendo que é melhor esquecerem toda a história que envolve os primos, que eles eram incapazes de fazer mal uns aos outros e que acha melhor aquele assunto morrer ali entre a família.

Sebastião apaga fotos da família no computador, mas guarda as de Elisa numa pasta à parte.

Carlos acorda com um pesadelo e tem de tomar mais comprimidos para dormir.

Carlos entra na casa de strip e Elena tenta fazer-lhe companhia, mas Carlos só acede a pagar-lhe um copo se ela se mantiver calada. Dos bastidores da casa de strip, Vânia observa a mesa de Carlos e Elena.

Vânia mostra ódio no olhar que deita a Carlos. Vânia liga a alguém, dizendo que precisa que acabem um servicinho que devia ter ficado pronto há dois anos. Carlos consegue ver Vânia ao telefone na outra sala e olha-a com desconfiança.

Constança quer que Gonçalo lhe conte porque foi mostrar o vídeo do envolvimento dos primos aos tios, mas Gonçalo recusa. Bruno chega com um portátil e diz que cada um dos filhos terá o seu computador, mas Gonçalo recusa ser controlado pelo pai. Constança diz que tudo está a desmoronar desde o desaparecimento de Elisa.

Yuri chega ao bar de strip e fica irritado ao ver Carlos com Elena.

Constança tranquiliza Matilde em relação ao post dela no Facebook da prima e Matilde diz que sabia do envolvimento de Elisa com Sebastião, mas que ele era manipulado por Elisa.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close