“Golpe de Sorte”: Resumo dos próximos episódios

"

51º Episódio (29 julho a 2 agosto)

Espionagem em Alvorinha! Os vilões descobrem o microfone que Leonor havia deixado no candeeiro do quarto de Caio e começam a fazer uma lista de potenciais conspiradores. Preciosa, Ricardo, a própria Polícia Judiciária e até, nas palavras de Sílvia, a “queridinha” de Caio são suspeitos do crime. O primeiro a ser apertado pelo vilão é o jornalista, que recusa estar envolvido e consegue convencer Caio de que está inocente. Para quem se virarão agora os protegidos de Madre Rosário?

Frustrados por já não poderem ouvir as conversas dos vilões, Ricardo e Leonor ficaram, no entanto, com uma informação crucial: o terceiro vilão será muito provavelmente o homem que se faz passar por filho da Maria do Céu Garcia. O par de espiões já tem um plano para conseguir desmascarar este novo elemento…

Também novo em Alvorinha é Francisco, que chega à vila para aconselhar a amiga Leonor a largar a vingança por esta poder redundar em grandes perigos. Convidado pelo amigo Carlos a beber um café na coletividade, Francisco acaba por conhecer Céu com quem tem uma rápida empatia. A euromilionária, agradada com a postura do forasteiro, convida-o para um jantar no palacete. Francisco aceita de imediato, o que vai criar em José Luís uma série de ciumeiras inesperadas…

Ciumenta parece estar Kelly quando ouve Bruno falar a Xavier sobre a possibilidade de contratarem Patrícia para o Boémio. A custo, lá finge que ninguém a afronta e o filho da Céu decide mesmo que a empregada da pensão Toledo vai começar a trabalhar no restaurante. Xavier, ex-namorado de Patrícia, é que ficou num dilema…

Cheio de dilemas, fantasmas e sombras está Carlos, que cada vez mais vai subjugando a esposa a uma pressão física e psicológica inaceitável. Desta vez, o médico arrastou Teresa para o quarto e fechou-a à chave. Ouvindo barulhos, Leonor ainda perguntou o que se passava mas Carlos conseguiu dar a volta à situação. Até onde podem ir os demónios do director do Centro de Saúde?

Para dar a volta à situação no palacete, Vasco fingiu-se muito amigo de Bruno tentando convencê-lo de que é boa pessoa. Bruno não deu abertura e acabou a enfurecer Vasco que chamou ao dono do Boémio coisas muito pouco abonatórias. Enfurecido, Bruno atacou Vasco com um murro mesmo no momento em que o Doutor Francisco e a Doutora Alice entravam em casa da euromilionária. E agora, Céu?

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close