“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 96 (22 a 27 de fevereiro)

Artur e Luzia preparam-se para viajarem para Lisboa, quando chega Mercedes e fica a saber que os pais tiveram um acidente.

Júlia e Aldina ficam receosas que Afonso consiga fazer alguma coisa a Henrique, agora com Maria Rita do seu lado, mas ele sossega-as dizendo que tudo vai mudar quando ficar com o controlo da Cerâmicas.

Rodolfo fica em choque por Madalena lhe dizer que vai vender as ações da fábrica a Henrique, e ele vinca que ela está a dar ainda mais poder ao homem que o meteu na cadeia, mas Madalena defende-se que sem provas, ele continua culpado do assassinato de um homem.

Mercedes passa a Luzia o papel de um médico seu amigo que está a acompanhar o caso de Alípio e que pode ajudá-los.

Luzia abraça a irmã e agradece-lhe por se preocupar com a família apesar de tudo o que os pais lhes fizeram. Celinha diz a Pompeu que têm de confirmar se Carolina está mesmo grávida e Pompeu agradece-lhe por estar do seu lado.

Carmo diz a Paulinho que vai ser despejada de casa e aceita a sua proposta de lhe angariar clientes para as massagens, dizendo querer metade da comissão no negócio.

Carolina aceita fazer o teste de gravidez e Celinha segue-a para se certificar que ela não os está a enganar. (18) Laura chega a casa e depara-se com Mercedes cabisbaixa que lhe conta que os avós dela tiveram um acidente.

Mercedes dá dinheiro a Laura para ela cuidar de Sandra e Maria. Honório e Joca olham espantados para Carolina junto a Celinha e Pompeu, a aguardarem expectantes pelo resultado do teste de gravidez, que acaba por dar positivo.

Carolina diz satisfeita a Honório que vai ser avô, Celinha e Pompeu entreolham-se infelizes. Mercedes recebe chamada de Afonso, e assente encontrarem-se no Sal Inn.

Teodora fica em choque com a novidade de Carolina também estar à espera de um filho de Pompeu, dizendo irritada que todas andam atrás do dinheiro do filho, deixando Celinha irritada com a conversa.

Afonso elogia Carmo por ter conseguido esconder de toda a gente que tem um caso com Henrique, e ela pergunta-lhe o que pretende fazer com aquela informação.

Luzia está a caminho do hospital com Artur e ele diz-lhe que o facto de Alípio estar em coma, não o perdoa do mal que fez aos filhos e a Maria.

Afonso questiona Carmo se Henrique é o pai de David, e ela refuta, recordando-o que nesse caso nunca iria patrocinar o casamento dele com Vera, mas Afonso insiste para que ela lhe revele a verdade.

No hospital, Vera elogia Mercedes e Henrique por estarem ali, mas a conversa descamba e Vera chora e pede aos pais para pararem de discutir.

Henrique olha desconfiado para Laura a contar-lhe que Mercedes esteve lá em casa a apoiar Luzia e Artur por os pais deles terem tido um acidente de carro e inclusivamente até lhe deixou dinheiro para ela tomar conta de Sandra e Maria.

Afonso propõe a Carmo guardar o segredo do seu romance com Henrique se ela lhe contar quem é o pai de David. Carmo recusa, fazendo-se de forte a dizer a Afonso que ganhou mais um inimigo.

Laura e Celinha justificam a Henrique que Mercedes ficou muito amiga de Luzia desde que ela a acolheu em casa, ele agradece, deixando-as intrigadas. Henrique deixa uma mensagem de voz a Artur a avisá-lo que vai pagar bem caro se estiver aliado a Mercedes para o derrubar.

Carmo fica atónita por David lhe contar que Henrique recorreu a Artur para culpabilizar Rodolfo da morte de Jacinto. Todos concordam que Carolina não pode ficar lá em casa e Celinha pede a Joca que a leve para um hotel.

Episódio 95 (22 a 27 de fevereiro)

Luzia conta a Mercedes que foi atacada por Felisberta e Alípio quando lhes disse que os ia denunciar por maus tratos a Maria e que não se perdoa por ter sugerido que eles ficassem a tomar conta de Maria.

Maria Rita põe o telemóvel junto a uma furiosa Vera e incita-a a continuar a contar todas as mentiras, mas Vera num movimento rápido tira-lhe o telemóvel das mãos e esconde-o atrás das costas.

Maria Rita tenta recuperá-lo, mas Constança entra nesse momento e fica furiosa a pensar que Maria Rita está a agredir Vera. Artur assente que não pode deixar de denunciar os pais à justiça depois de todo o mal que fizeram a Luzia, mesmo que isso signifique perder de vez Maria.

Maria Rita diz a Constança para ligar para o seu telemóvel para confirmar que ele está escondido atrás de Vera, mas quando Constança faz a chamada não se ouve nada, com Vera a vincar que Maria Rita está a mentir.

Maria Rita vê-se obrigada a sair, furiosa. Celinha anuncia radiosa à família que ela e Pompeu vão voltar a casar-se, aceitando a sugestão de Suzy de o fazerem na serra.

Afonso fica satisfeito por David lhe contar que Artur confessou que ajudou Henrique a incriminar Rodolfo, no entanto fica contrariado pelo advogado o alertar que não o vai denunciar e que ele tem que arranjar outras provas para apanhar Henrique.

Henrique sobe a oferta pelas ações de Madalena e ela fica hesitante.

Mercedes repreende Vera por não lhe ter contado a verdade e elogia-a pela sagacidade do seu plano, que fez todos acreditarem que a irmã a empurrou das escadas.

Vera pede que faça desaparecer o telemóvel que roubou a Maria Rita e Mercedes assente.

Leonor e João Maria concordam que apesar de tudo apontar que Maria Rita empurrou Vera das escadas, continuam com a sensação que tudo aquilo não passa de uma encenação de Vera para acabar com a irmã.

Henrique diz a David que Madalena aceitou vender-lhe as suas ações da fábrica e pede que não conte nada a Afonso.

Mercedes repara no ar abatido de Carmo, que lhe conta que perdeu a luta com Celinha por ela estar grávida de Pompeu e lastima-se não saber como vai aguentar sair de sua casa.

Mercedes reitera-lhe que pode ir viver consigo para a mansão, mas Carmo recusa. Mercedes liga para Luzia a perguntar-lhe se já denunciou os pais à polícia e ela confirma que vai agora à esquadra.

Luzia consola Artur, dizendo que aquilo não significa que vá perder a hipótese de ficar com Maria, quando recebe chamada e fica em choque com o que lhe dizem.

Maria Rita diz a Suzy que duvida conseguir recuperar o seu telemóvel com as provas que não empurrou Vera das escadas.

Constança e Aldina atacam Maria Rita, convictas que ela tentou fazer mal a Vera e Maria Rita enerva-se e parte um objeto aos pés de Constança.

David vê e olha-a estupefacto. Pompeu diz a Celinha que acabou tudo com Carmo, por querer focar-se em ser feliz com ela e criarem juntos o bebé que vão ter.

Carolina interrompe o momento e revela a Pompeu estar grávida dele. Maria Rita pede desculpa por se ter excedido, mas Júlia refere que ela só está a mostrar quem é na verdade e anui que o melhor é ela sair daquela casa e abdicar da herança da família.

Maria Rita recusa e vinca que não vai desistir do que é seu por direito, deixando David perplexo com tudo o que se está a passar.

Madalena conforta Luzia, que está em choque por os pais terem tido um acidente a caminho de Lisboa e deixou Alípio em coma.

Pompeu e Celinha recusam-se a acreditar que Carolina possa estar grávida, dizendo que é mais um truque dela para sacar dinheiro.

Carolina diz estar segura que espera um filho de Pompeu e Celinha desafia-a a fazer um teste de gravidez à frente deles.

Carolina mostra a pequena barriga que já tem e mostra-lhes também os exames que já fez a provarem a sua gravidez.

Afonso conta a Mercedes que Artur confirmou que ajudou Henrique a incriminar Rodolfo, e Mercedes anui ir falar com ele para perceberem o que podem fazer.

Vera conta a David que Maria Rita foi ao hospital atacá-la por ter percebido que se ia tramar de a ter empurrado das escadas.

Henrique conta satisfeito a Júlia que Madalena acedeu vender-lhe as quotas da fábrica e vai voltar a ter o controlo da empresa.

Júlia queixa-se ao filho de Maria Rita, que entra nesse momento e avisa-os que as coisas vão mudar por não abdicar dos seus direitos e por não se deixar pisar novamente.

Sai a alertar Henrique que vai fazer tudo para desmascará-lo por ter posto Rodolfo na cadeia, tal como tramou Afonso no passado.