“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

“Bem Me Quer”: Resumo dos próximos episódios

Episódio 20 (16 a 22 de novembro)

Pompeu trabalha com Nelo e nenhum deles vê Maria Rita a dirigir-se à zona dos escritórios da fabrica.

Maria Rita quase é apanhada pelo segurança e suspira aliviada por ele não a ter visto.

Pompeu diz a Nelo que a sua decisão de se separar de Celinha é irreversível.

Nuno entra e chama Pompeu de graxista e agarra-o ameaçador, mas ouvem subitamente Rodolfo a perguntar o que se passa.

Maria Rita vê frustrada que o computador de Rodolfo está protegido com palavra passe e fica tensa quando ouve Rodolfo e Nuno a discutirem.

Maria Rita ouve intrigada Nuno a falar com Rodolfo, mas é denunciada por Zé Manel.

Maria Rita desculpa-se que foi à fabrica a pedido de Henrique, mas que se enganou no gabinete.

Rodolfo diz a Mercedes que acha que Maria Rita anda a espiá-lo a pedido de Henrique e acrescenta que Nuno reapareceu a exigir mais dinheiro por João Maria lhe ter partido a mota.

Mercedes diz-lhe ter a certeza que Henrique vai ser condenado e vão ficar livres dos problemas.

Artur vê Vera e David juntos e fica destroçado.

Pompeu fica desconfiado por Luzia lhe dizer que Celinha ficou a fazer horas extra no spa, mas ele não acredita, e continua convencido que ela o anda a trair.

Artur bebe desconsolado no bar a pensar em Vera, Suzy chega e aproveitam a ocasião para se conhecerem melhor.

Suzy fica deslumbrada por Artur a levar para casa de David, mas ele acaba por adormecer.

Celinha chega a casa de Luzia arrasada de ter estado a trabalhar toda a noite e vinca que um dia, Mercedes vai pagar pelo que lhe está a fazer.

Mercedes fica irritada por Madalena lhe dizer que Celinha foi descansar e ela ameaça-a que qualquer dia também a põe a fazer malas.

Carmo indica que vai falar com o feirante para ele lhes dar mais tempo para acabarem a encomenda das malas. Joca pede ajuda a Marlene para entregar uns queijos, Barnabé chega e leva um murro de Joca que o acusa de ter enganado o seu irmão.

David recebe Jacinto, um homem em cadeira de rodas, que lhe indica que precisa de ajuda jurídica e começa a relatar a sua história, onde conta que foi atropelado.

Mercedes fica irritada por Carmo lhe dizer que o feirante não aceita esperar mais pelas malas e quer o dinheiro de volta, caso não as entregarem dentro do prazo.

Mercedes vira a sua fúria contra Celinha, ordenando-lhe que vá já ao seu gabinete.

Jacinto conta a David que foi atropelado por um carro, tendo acordado depois no hospital, onde um homem o convenceu a não fazer queixa à polícia a troco de dinheiro, mas que agora pretende que seja feita justiça por ter ficado sem andar.

Celinha diz a Mercedes que não aguentou o cansaço por ter estado a noite toda a trabalhar e Mercedes irrita-se e indica que está despedida.