“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 42 (4 a 8 de novembro)

Félix troca comprimidos de Bernardo e começa a sedá-lo.

Érica diz à mãe que quer abortar.

Joaquim confessa a Nazaré que é o seu pai.

Carol troca mensagens com ANON (uma “personagem” anonima nas redes sociais) que lhe lança um novo desafio- Carol tem de estrelar um ovo de olhos vendados. Gonçalo chega e, deparando-se com aquela parvoíce, acaba com a brincadeira e repreende Carol.

Verónica vai a casa dos Carvalho em busca do conforto de Gonçalo. Este diz-lhe, mais uma vez, que se vá embora. Verónica avisa-o que não vai desistir porque o ama.

Na Atlântida, Duarte fala com Joaquim e diz que já arranjou forma de obter as imagens onde poderá ver quem sabotou a encomenda. Joaquim fica em pânico com a possibilidade de ser descoberto.

Já na Quinta, Félix e Verónica chegam com Bernardo, tiram-lhe o telemóvel e avisam a enfermeira Elsa de que as visitas também serão restritas. Sem que Verónica note, Félix dá comprimidos a Elsa para manter Bernardo sedado.

No Lar, cláudia pede a atenção de todos para apresentar a nova voluntária. Bárbara, muito simpática, dá presentes a Ermelinda e Floriano que ficam derretidos.

Olívia vai à Quinta para ver Bernardo quando Elsa lhe diz que não pode entrar e que Bernardo não tem visitas. A enfermeira obriga a jovem a ir embora e Olívia fica desconfiada.

Cris e Luís foram comprar coisas para o bebé e surpreendem Érica. A jovem fica confusa quando os rapazes lhe dizem que independentemente de quem for o pai, querem que ela tenha o bebé. Érica entra em pânico com a conversa e expulsa-os lá de casa.

Quando Verónica chega a casa fica surpreendida ao ver as coisas para o bebé. Érica conta a conversa que teve com Luís e Cris e diz à mãe que quer abortar. Verónica tenta acalmar a filha e pede-lhe que não faça um aborto que ela própria pode assumir a criança e criá-la como se fosse sua filha pois, desta forma, Érica não terá que se preocupar com nada.

Na Atlântida, Nazaré e Duarte estão a trabalhar quando a jovem recebe uma mensagem a dizer que as imagens das Câmaras de Vigilância já estão disponíveis. Nazaré mente a Duarte e diz que tem de sair para ir ajudar a mãe.

Já na casa Gomes, Joaquim vai ter com Nazaré quando esta lhe diz que já sabe que foi ele que sabotou Duarte, que tem as imagens e que o vai denunciar a Félix. A jovem fica atónita quando Joaquim lhe confessa, finalmente, que é o seu pai. Joaquim tenta explicar-se, mas Nazaré está irredutível e diz-lhe que nunca terá o seu perdão. Joaquim conta à filha que as terras e a serração não são dos Blanco e que voltou para fazer justiça.

A conversa é interrompida pelo tocar da campainha. É Félix quem está à porta e Joaquim só pede a Nazaré que não o denuncie. A jovem, encurralada, acaba por mentir a Félix para encobrir o pai.

Mais tarde, Nazaré decide contar a Matilde que o pai voltou e que lhe contou que não foi ele quem matou Alfredo, mas sim o António Blanco. Matilde quer falar com Joaquim, mas Nazaré fica reticente, acha que a mãe está frágil e que só se vai magoar ainda mais.