“Nazaré”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 150 (27 de abril a 1 de maio)

Nazaré vai testemunhar a favor de Duarte para a recuperação da Atlântida.

Pipo decide ir para a clínica para recuperar do seu distúrbio alimentar.

Duarte recupera a empresa e passa a ser sócio maioritário da Atlântida.

Nazaré vai até à Quinta, a pedido de Duarte e de Dr. Leonardo, que lhe pedem que testemunhe contra Verónica, uma vez que foi considerada inocente e o seu testemunho poderá ajudar a que Verónica seja impedida de permanecer na Atlântida.

No Mercado, Dolores discursa, bastante emocionada, para os seus colegas vendedores apelando a que se unam para desmantelar o plano de Isabel e manter o mercado. Isabel olha-a e diz que, ao lado dela, são todos apenas umas formigas.

Ismael chega ao Lar, vem de um velório, e todos querem saber porque é que andam idosos a desaparecer dali. Bernardo garante que vai tentar contactar as pessoas que saíram sem dizer nada.

Na Atlântida, Verónica está a verificar as contas da empresa quando se lembra da conversa que teve com Isabel e pede à secretária Maria que lhe chame o contabilista. De regresso a casa, Verónica abre o cofre e guarda vários maços de notas que trouxe consigo.

Nazaré e Toni falam sobre a audiência em tribunal e a possibilidade de que o testemunho de Nazaré seja válido. Toni fica com ciúmes, mas Nazaré explica que não está a fazer isto apenas por Duarte, mas sim por ela pois é a culpada de Duarte ter perdido tudo.

Em casa dos Carvalho, Pipo comunica à família que decidiu ir para a clínica. Sofia mostra ao filho o seu apoio e Carol diz ao irmão que o adora e que pode contar com ela para tudo.

Mais tarde, Sofia vai ao encontro de Matias e, em lágrimas, desabafa sobre a ida de Pipo para a clínica pois não sabe se terá sido a melhor decisão e tem medo que ele não recupere. Matias consola-a e Sofia acaba por beijá-lo arrependendo-se e saindo a correr.

Depois de Nazaré contar a Laura e Gonçalo que Cris está a dormir no Mercado, Gonçalo sai e vai ao encontro do filho. Gonçalo leva comida e dinheiro a Cris e pede-lhe que vá passar a noite num hotel. Mal vira costas, Cris faz uma chamada a pedir droga.

No seu quarto, Bárbara e Duarte fazem amor. De seguida Bárbara apressa-se a colocar os joelhos contra o peito e ficar nessa posição pois acha que podem ajudar a engravidar. Bernardo interrompe-os e chama Duarte com urgência. Leonardo, na sala, aguarda Duarte com a carta da decisão do tribunal sobre a Atlântida.

Verónica recebe uma chamada de Duarte a pedir que se encontre com ele na Quinta. Verónica acede e, quando chega, Duarte apresenta-lhe o documento com a conclusão do processo da empresa em que mostra que Duarte é sócio maioritário e que a empresa é dele novamente. Verónica, completamente descontrolada, rasga o documento e diz-lhe que não lhe vai dar a empresa, depois olha para a pulseira e diz que será muito difícil tirá-la de lá se nem sequer pode sair de casa. Duarte olha-a, confiante, e avisa-a de que não precisa de ir à empresa para garantir que ela vai sair.

De volta a casa, Verónica liga ao advogado furiosa quando percebe que Duarte só conseguiu recuperar a empresa por causa do depoimento de Nazaré. O advogado diz-lhe que podem sempre recorrer da decisão do tribunal e Verónica diz que a única coisa que quer é manter Duarte longe da Atlântida.