“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 20 (10 a 16 de dezembro)

Mayra fica estupefacta ao encontrar Dalila na cama e não quer acreditar que Ricardo e Dalila tenham um caso. Ricardo exige a Mayra que saia. Domingos é deixado à porta de casa muito maltratado, e Renata e Bruno ajudam-no. Bruno, Renata e Diana tentam perceber o que se passou com Domingos, que afirma que não aconteceu nada de especial, caiu apenas de mota.

Ricardo, Jaime, Elvira e Dalila estão reunidos e Ricardo comenta que havia um bilhete de um jogo de futebol usado na carteira de Domingos que o iliba de ser o motoqueiro. Augusto comenta com Jaime que Simão veio falar com ele e que vai começar a trabalhar nos armazéns. Jaime mostra-se muito desagradado com a situação e desconfiado com a atitude do irmão.

Simão comenta com Lara que Augusto aceitou que ele pudesse trabalhar nos armazéns e até ficou comovido pela atitude, sem desconfiar dos verdadeiros motivos que o levaram a fazer isso. Valdemar entra e diz aprovar o plano de Simão. Jaime entra em casa irritado com o que acabou de saber de Simão, liga a Ricardo, e quer saber quem é o novo advogado do irmão.

Simão e Lara preparam o jantar e Simão diz que gostava de ter uma família com ela. Valdemar convida Isaura e Lara para irem jantar a sua casa. Isaura diz que Lara foi dormir a casa do Simão e começa a queixar-se da vida. Simão pede desculpa por ter ido longe de mais, ao falar em constituir família, Lara diz que não levou a mal e envolvem-se apaixonados.

Domingos está ainda muito afetado pela experiência que passou e recorda as palavras de Elvira e começa a perceber a ligação entre as coisas.

Bruno chega e Domingos pergunta-lhe se existe alguma aplicação que dá para aceder às mensagens de outras pessoas. Domingos instala aplicação no telemóvel de Dalila para conseguir aceder às mensagens dela.

Diana e Tiago interrogam Joana e esta revela que o filho que espera é de Paulo. Matilde está no quarto com Gonçalo e diz-lhe que não pode fugir com ele e Gonçalo despede-se e sai.

Matilde comenta com a mãe que parece que Gonçalo vai fugir e Cecília fica desconfiada. Ricardo apresenta-se a Joana como advogado de João Maria, que pretende reclamar a paternidade do bebé e pede-lhe que se disponibilize a fazer um teste de ADN para perceber quem é o pai do bebé, mas Joana recusa.

Nos armazéns, Diana espera por Renata, enquanto observa o encontro de João Maria e Joana que discutem. Dalila está a costurar e recebe uma mensagem e liga a Elvira que também recebeu uma mensagem igual à sua.

Ricardo recebe uma mensagem igual à dos restantes e nervoso decide ligar para o número desconhecido. Uma voz distorcida atende e diz-lhe “que sabe que ela está viva”, deixando Ricardo em choque.

Augusto conversa com Mayra e diz-se feliz com aproximação de Simão, admitindo ser pode ser a oportunidade perfeita para conseguir reconquistar o filho. Isaura recebe carta que tem como remetente António. Simão conversa com Inês, antes de Augusto a levar à escola. Jaime chega, e diz que não acredita na mudança de atitude de Simão.

Jaime acusa Simão de querer ficar com o lugar dele e discutem. Lara entra em casa e Isaura está a partir a loiça toda. Isaura dá a carta a Lara e esta fica desiludida por ler que o pai diz que gosta de Isaura, mas que chegou o momento de ser feliz com Margarida. Ricardo e Jaime falam da mensagem que receberam, entretanto recebem nova mensagem, do mesmo número, com coordenadas de GPS.

Jaime, Ricardo, Elvira e Dalila chegam ao local todos juntos no carro, saem do carro e aproximam-se de um carro que vem a chegar. O carro faz menção de arrancar e os quatro entram para o seu interior. Apercebem-se que o condutor é um manequim e as portas são trancadas e carro começa a andar. Gonçalo está a trabalhar no seu portátil muito concentrado.

O carro segue a grande velocidade e não conseguem parar o carro. Gonçalo tecla cada vez com mais fúria no seu portátil.

Carro aproxima-se de um precipício. Gonçalo fica irritado porque Patrícia acabou de tropeçar no fio de alimentação.

O carro parou no limite e o alívio é geral. Entretanto, mão enluvada bloqueia tubo de escape e o fumo começa a invadir o carro e instala-se o pânico e os quatro começam a sufocar. Gonçalo, concentrado, tecla no portátil. Jaime, Ricardo, Elvira e Dalila, trancados no carro a sufocarem com os fumos, dão pancadas nas janelas.

Tiago diz a Diana estar com remorsos de ter travado o processo de adoção de Flor por Cláudia estar arrasada.

Diana mostra a transcrição de um chat a Tiago que pode ser mais uma prova importante na investigação e afirma que uma dessas pessoas do chat é Gonçalo.

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *