“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

318º Episódio (5 a 11de agosto)

Juntamente com o agente da PJ, Rodrigo entra num armazém onde estão as carrinhas de Gonçalo cheias de droga. Atingem os capangas de Gonçalo e imobilizam-nos. Encontram a droga nas carrinhas e o agente da PJ declara que mesmo assim aquilo não chega para prender Gonçalo. No entanto, vão dar-lhe cabo do negócio.

Carmo desabafa com Celso sobre Pedro e este dá-lhe conselhos, sugerindo que faça alguma coisa pois a relação não pode terminar assim. Carmo fica pensativa e tem uma ideia.

Sofia decidiu que vai juntar Pedro e Carmo e partilha com Leonor que tenciona mandar uma mensagem a Carmo do telemóvel do pai. Leonor não acha boa ideia. Esta conta que esteve com Léo e que ele a tratou muito mal. Têm noção que ele está assim por causa do consumo de drogas.

No mercado, Júlia cruza-se com Pedro e falam de forma. Carmo aparece e apresenta Celso a Pedro. Carmo oferece-se para ajudar no livro de Sofia e Pedro recusa. Carmo fica frustrada e Celso observa que Pedro é muito sério.

Vera já soube do assalto à loja de discos e está preocupada com Marta. Esta assegura que está bem. Vera desabafa com a irmã sobre a amizade de Luís e Júlia e Marta recorda que foi Júlia quem matou Fernando. Vera chora de ódio e raiva.

Vitória está abatida e diz a Gonçalo que tem dores de garganta. Espera por notícias de Mateus mas este desapareceu. Gonçalo quer fazer uma viagem com ela a Nova Iorque mas Vitória esquiva-se e quer combinar isso depois.

Diana entra em casa e estranha não ver as coisas de Rodrigo. Procura por ele e ele não está em casa. Diana liga mas está desligado, o que q deixa preocupada e com um mau pressentimento.

Juntamente com o agente da PJ, Rodrigo entra num armazém onde estão as carrinhas de Gonçalo cheias de droga. Atingem os capangas de Gonçalo e imobilizam-nos. Encontram a droga nas carrinhas e o agente da PJ declara que mesmo assim aquilo não chega para prender Gonçalo. No entanto, vão dar-lhe cabo do negócio.

Gustavo fica irritado com Naomi por ela ter contado a Diana o que descobriu sobre a associação de Gonçalo. Quer fazer alguma coisa mas Naomi afirma que é melhor deixarem Diana e Rodrigo tratarem do assunto.

Triste, Vitória continua à espera de notícias de Mateus. Olha para o material da neve que Gonçalo lhe deu e recorda o beijo que ele lhe deu e fica ainda mais incomodada. Liga para Clara e chora.

Diana fica furiosa ao saber que Rodrigo foi atrás de Gonçalo. Rodrigo explica que estava com um PJ que também que está a investigar por conta própria. Conta ainda que encontraram droga nas carrinhas e Diana não percebe como é que vão prejudicar Gonçalo se não apreenderam nada.

Gonçalo vê a mensagem que Vitória mandou a Mateus e alegra-se por ele não responder. Raul liga a Gonçalo a avisar que há problemas com as carrinhas e que ele deve ir ao armazém de imediato.

Já no armazém, Gonçalo fica furioso ao ver que não há sinal das carrinhas nem da droga. Exige que Raul descubra quem fez aquilo e quer que ele mate a pessoa em causa. Se há algo que não podem fazer é comprar uma guerra com Octávio Cruz.

Vitória está perturbada e não consegue deixar de pensar no beijo que Gonçalo lhe deu. Clara sugere que ela se afaste do pai por uns tempos. Vitória quer uma resposta e não percebe a atitude de Mateus. Clara acha que ela deve superar isso.

Pedro está a trabalhar e Sofia finge que estuda. Diz ao pai que tem fome para ter acesso ao telemóvel dele. Pedro vai cozinhar e Sofia pega no telemóvel dele e seleciona o contato de Carmo.

João deita a filha com muito cuidado e prepara o quarto. Carmo faz perguntas sobre a rotina da bebé e está muito orgulhosa do excelente pai que o irmão é. Saem para a sala.

Carmo e João falam sobre Inês e sobre Adelaide ainda não ter aceite a bebé na família. Carmo acha que o irmão deve dar tempo para que tudo entre nós eixos. Falam sobre Pedro e Carmo fica feliz ao receber uma mensagem dele a pedir para falarem.

Luís fica chocado quando Vera lhe conta que Júlia matou o seu pai e que casou com ele só a pensar na herança. Não há como provar o homicídio mas Vera acredita que Júlia há de pagar o que fez de alguma forma.

Depois de jantar, Gustavo, Naomi, Marta e António conversam sobre o roubo à loja de discos. Ela conta que Vera esteve lá e que lhe contou que Júlia matou Fernando. Marta e Vera querem justiça.

Sofia sai de casa e logo a seguir Pedro é surpreendido pela chegada de Carmo e ambos percebem que aquilo foi uma armação de Sofia. Conversam e Carmo pede a Pedro que volte atrás, podem dividir tudo. Pedro não responde e Carmo percebe que acabou tudo.

Sofia está confiante que o seu plano vai dar certo e que Pedro e Carmo vão fazer as pazes. Recebe uma mensagem de Leo e Leonor avisa-a que é melhor ter cuidado com Leo pois ele não é boa companhia.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close