“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

7º Episódio (24 a 30 de setembro)

No Porto, Júlia vai até à casa de Albano que está em ruínas. Olha de novo para o recorte de jornal onde se fala da morte de Benedita e Albano, no mesmo dia. Júlia sai do carro e percorre o espaço.

Na Somecel, Cecília entrega documentos ao pai e repara num quadro novo. Quer saber quanto custou mas Fernando não revela. Cecília acha que o pai devia investir esse dinheiro na empresa e não gastar tanto em coisas supérfluas. De seguida, Fernando recebe uma chamada de Marta.

Enquanto Marta fala ao telemóvel com o pai, Margarida vai a conduzir e fica em pânico quando um sem-abrigo se aproxima da sua janela do carro para lhe vender uma revista. Fica em choque, sem conseguir conduzir e Marta apressa-se a ir para o lugar do condutor e a levar a mãe para casa.

Diana revela a António que não pode fazer documentos novos porque tem identidade falsa. António fica chocado e Diana explica que teve de o fazer pois há muitos anos atrás tentaram assassiná-la e, por essa razão, fugiu e mudou de nome.

Danny entrega a carteira de Diana na escola de circo mas nega ter sido ele a roubar. Naomi fica desconfiada dele mas Diana nem se importa de ter ficado sem o dinheiro que lá estava, está descansada por ter os documentos de volta.

Júlia e Vitória continuam a pesquisa sobre Diana e Júlia desespera pois não encontram nada. De repente, vê uma notícia antiga com uma fotografia de Benedita a anunciar a sua morte, no mesmo dia em que Júlia recebeu o transplante de coração. Sai apressada para a rua.

Fernando mostra pouca preocupação ao saber do ataque de pânico de Margarida. Ao contrário dele, os filhos estão preocupados com ela. Margarida declara que quer voltar a trabalhar como enfermeira e Fernando não gosta da ideia.

Já de volta a casa, Júlia explica a Vitória que a história de Diana é complicada. Já sabe que o nome Diana é falso e descobriu que ela forjou a própria morte.

Fernando liga a Júlia a querer combinar passar a noite com ela mas ela deixa isso para o dia seguinte. Marta entra na sala para pôr a mesa e Fernando esquiva-se para o escritório.

Em casa dos Macedo, Nestor fala com Fernando sobre o golfe. Jacinta e Adelaide querem que João traga Diana para jantar. Carmo reage mal à conversa e ordena-lhes que deixem o irmão dm paz.

Enquanto jantam num restaurante, Rodrigo e Paulo falam sobre Diana quando ela entra acompanhada de António. Rodrigo dirige-se a ela de forma rude e Diana pede a António para irem para outro sítio. Paulo acha que o amigo tem pouca sorte no amor.

Mais tarde, na autocaravana, Diana e António falam sobre a vida. António partilha que teve uma relação complicada com o pai e Diana revê-se na história dele mas não revela nada.

Gustavo desabafa com Marta sobre o caso de Alzira. Acha que ela é inocente mas as coisas estão complicadas. Gustavo pensa na sua família biológica e admite que gostava de saber quem são, de onde vem e porque é que não ficaram com ele.

Vera mostra vontade de sair de casa pois acha que o pai está insuportável. Cecília não acha boa ideia e, por sua vez, não quer saber nem de Fernando nem de Margarida. Muda de assunto e quer apresentar um amigo à irmã. Recorda-a que já passou um ano desde a morte de Bernardo.

Margarida aceita a sugestão de Fernando para ir passar uns dias fora. Esta observa que eles estão cada vez mais distantes, incluindo na cama. Fernando alega cansaço e diz-lhe que também deve partir dela a iniciativa.

Júlia vai a uma consulta no Porto de cardiologia e, de acordo com os exames, está tudo bem. Esta pede ao médico que lhe diga quem foi o dador do coração e o médico entrega-lhe a informação sobre Albano. Júlia, assustada, recorda-se da cara dele também no seu sonho.

Diana chega à escola de circo e António entrega-lhe um ramo de flores que chegou para ela. Diana lê o cartão e percebe que foram enviadas por João mas não faz comentários sobre isso.

No Porto, Júlia vai até à casa de Albano que está em ruínas. Olha de novo para o recorte de jornal onde se fala da morte de Benedita e Albano, no mesmo dia. Júlia sai do carro e percorre o espaço.

Júlia telefona a Aida para lhe pedir mais uma leitura. Aida está a passar a ferro e só pode atender a patroa no dia seguinte. Júlia pede-lhe para ser o mais cedo possível.

Na loja de Flávio, Vitória experimenta uma camisa mas acha demasiado cara. Mesmo contra a vontade de Clara que acha vergonhoso fazer isso, troca a etiqueta para um preço mais barato. No momento do pagamento, Flávio acha que o erro foi dele e aceita que Vitória pague o valor que está marcado.

Já fora da loja, Clara esta desiludida com a atitude de Vitória. Pelo contrário, Vitória está satisfeita. Clara recebe uma mensagem do namorado que está na Venezuela e Vitória acha que aquela relação não vai durar por causa da distância.

Na casa de chá, Jacinta ajuda Carmo. Esta embirra com a empregada pois meteu na cabeça que a rapariga anda a dizer mal dela às amigas. Jacinta desvaloriza o assunto e quando Clara fala de Diana, a avó percebe que ela tem ciúmes da suposta namorada de João.

No estaleiro, Adelaide discute com Vera e não concorda com as alterações que ela fez ao projeto de acordo com as indicações de Nestor. Adelaide repete que é com ela que tem de falar sobre tudo e não com o seu pai. Vera terá de refazer todo o projeto e fica desesperada.