“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 337 (2 a 8 de setembro)

Júlia conta a Pedro tudo sobre o seu casamento no Brasil. Pedro insiste em saber se ela matou Fernando e Júlia assume que sim e reforça que já não é essa pessoa. Pedro fica chocado e vai embora, muito perturbado. Júlia fica devastada e liga a Luís a perguntar porque é que Vera quer castigá-la mais.

Na Somecel, Gonçalo ouve mais uma conversa de Vitória. Está desconfiado pois ela só fala de trabalho com as amigas. Raul não vê problema nenhum e considera Vitória leal. Depois falam sobre Rodrigo e acreditam que ele vai cair na armadilha, mais tarde ou mais cedo.

Rodrigo recebe uma mensagem do suposto pai a dizer que está doente e pede para Rodrigo ir ao seu encontro o mais depressa possível. Diana acha que ele deve falar primeiro com os irmãos e com o médico. Rodrigo decide esperar que ela saía para responder ao “pai”.

Deolinda conta a Adelaide que Rui já sabe que ela perdeu o anel de noivado e compreendeu. Quer que Adelaide seja a sua madrinha. Por sua vez, Adelaide lembra-lhe que não pode sair de casa e faz uma brincadeira. Deolinda percebe tudo ao contrário.

Rui está feliz porque o seu plano deu certo e tem Deolinda aos seus pés. Esmeralda diz a Martim que vai marcar jantar com o pai e vão contar-lhe toda a verdade. Martim sofre com a possibilidade de perder Esmeralda.

Júlia continua a sua pesquisa sobre o passado de Gonçalo e encontra uma fotografia de Jorg Hoffman, ligado ao holocausto. Liga para Diana a dizer que acha que descobriu alguma coisa.

Sofia confronta Pedro e conta tudo o que sabe sobre Júlia e sobre o processo em tribunal de bigamia. Refere também que ela matou o avô de Leonor. Pedro fica chocado e Sofia aconselha-o a falar com Vera para confirmar tudo.

A seguir, Sofia procura Carmo e conversa com ela sobre a separação do seu pai, afirmando que tem pena que o pai já tenha ultrapassado tudo e que Carmo esteja a sofrer. Carmo percebe assim que ele já tem outra.

Sofia vai embora e Vera entra. Pedro ganha coragem e pergunta a Vera tudo sobre Júlia. Vera revela tudo o que ela fez à sua família e apesar de não terem provas, têm a certeza que ela matou o seu pai.

Júlia mostra a Diana tudo o que descobriu sobre homens do passado que são fisicamente iguais a Gonçalo, todos uns monstros. As datas de morte e nascimento coincidem, quando um morre o outro nasce.

Gonçalo partilha, satisfeito, com Raul que Rodrigo mordeu o isco. Raul explica que já tem tudo tratado para quando ele chegar aos Estados Unidos. Gonçalo ressalva que o que importa é que seja uma viagem só de ida.

Na rádio, Vitória acaba de ouvir a entrevista de Clara e fica satisfeita. A seguir, pede desculpa por ter sido desagradável e dá-lhe força para ir em frente, de gosta de Alex. Celso aparece com Raquel, outra candidata e Laura fica furiosa.

Júlia fica surpreendida com a visita inesperada de Pedro. Ele vai direto ao assunto e e quer saber porque é que os Sousa Melo a odeiam tanto. Ela fica sem palavras. Pedro quer saber se é verdade que ela matou Fernando para ficar com a herança.

Sofia diz a Leonor que espera que o pai acabe tudo com Júlia. Leonor sabe que Júlia não vai desistir tão facilmente. No entanto, Sofia não pensa deixar o pai namorar uma assassina.

Júlia conta a Pedro tudo sobre o seu casamento no Brasil. Pedro insiste em saber se ela matou Fernando e Júlia assume que sim e reforça que já não é essa pessoa. Pedro fica chocado e vai embora, muito perturbado. Júlia fica devastada e liga a Luís a perguntar porque é que Vera quer castigá-la mais.

Luis fala calmamente com Júlia e, a seguir, liga a Vera a avisar que Júlia está possessa por ela ter contado tudo a Pedro.

Diana não quer que Rodrigo vá a Atlanta e quer que ele marque uma consulta no médico e que fale com ele, se ele autorizar a viagem, ela mesma irá com ele. Abraça-o mas Rodrigo não se conforma.

Gustavo abre a porta de casa e fica surpreendido ao ver Marta e António vestidos de noivos. Eles mostram as alianças e já são marido e mulher. Naomi já sabia de tudo e está muito feliz. Os quatro brindam.

Esmeralda prepara-se para contar tudo ao pai mas Celestino não a deixa terminar e afirma que sempre soube que Martim não era cigano mas como ele é um bom homem, sabe que ele vai fazer a filha feliz. Oferece-lhes um cheque, o que deixa todos comovidos.