“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

44º Episódio (29 de outubro a 4 de novembro)

Vitória abre uma carta com uma multa de excesso de velocidade e fica muito nervosa ao ver que a multa tem a fotografia de Júlia ao volante, no dia em que Marta foi atropelada. Nervosa, liga à mãe.

Deolinda ouve uma conversa entre Celso e Leo sobre os assaltantes que foram apanhados no bairro e fica aliviada por isso. Assim poderá ficar com o dinheiro. Celso, por sua vez, pede a Leo que se afaste da loja pois está a dar muito nas vistas.

Deolinda caminha no bairro e Nelson segue-a, deixando-a em pânico. Quando este lhe toca no braço, Deolinda afirma que não fez nada e Nelson estranha, só quer devolver as chaves que ela deixou cair.

Eduarda conversa com Alex e estranha a sua viagem repentina à Alemanha. Alex mente dizendo que tem assuntos a tratar lá.

Miguel conversa com António sobre o sucedido na cerimónia e este quer explicações para as acusações de Nestor. Tem dúvidas da inocência do pai e Miguel explica que Nestor o odeia por causa de situações que viveram em Angola.

Em casa dos Macedo, Rodrigo e Diana ficam tensos quando se veem. João repara mas não diz nada. Jacinta está muito abatida e pede à família para ficar sozinha. Diana vai à cozinha e Rodrigo vai atrás dela. A sós, diz-lhe que não precisa de se esconder e que deseja que ela seja feliz com João. Diana também lhe deseja que seja feliz com Beatriz quanto João interrompe e quer saber se está tudo bem.

Zé Maria queixa-se de Francisca não cozinhar e sugere que os pais transformem a cozinha em quarto pois ninguém a usa. Vai para o quarto e André e Francisca estranham aquele azedume.

Vitória diz a Júlia que pretende fazer um workshop na escola de circo e a mãe quase tem um ataque. Vitória sai de casa e Fernando conta, ansioso, a Júlia que Nestor teve um enfarte. Acha prudente ir fazer um check-up para ver se está tudo bem.

Luís convida Vera para ficar em sua casa e de Cecília enquanto eles estiverem em Génova. Vera sente muita pena do cunhado quando este declara que o seu casamento com Cecília terminou mesmo. Emocionado, Luís agradece a Vera pela sua amizade.

Na casa de chá, Margarida conversa com os filhos. Todos estão chocados com a atitude de Fernando mas estão unidos e conscientes de que têm de ter força para seguir em frente. Paulo entra e fica surpreso ao ver Clara ali a trabalhar. É desagradável com ela mas Clara responde-lhe à letra. A seguir, Paulo fala com Vitória ao telemóvel e comenta com ela que Clara está a trabalhar num café. Esta não quer falar de Clara e convida-o para ir ter com ela à sua casa antiga. Ao entrar, abre uma carta com uma multa de excesso de velocidade e fica muito nervosa ao ver que a multa tem a fotografia de Júlia ao volante, no dia em que Marta foi atropelada. Nervosa, liga à mãe.

Júlia ouve, nervosa, o que Vitória lhe conta. Pede à filha que volte para casa de imediato. Fernando pergunta se está tudo bem e Júlia disfarça. Este repete, uma vez mais, que ela deve contar toda a verdade à filha sobre a sua mãe biológica.

João acha que Diana está estranha e quer saber se Rodrigo lhe disse alguma coisa para ela ficar assim. Diana nega e ressalva que tem coisas mais importantes com que se preocupar do que com Rodrigo. Quer contratar um investigador privado para encontrar a filha.

Já em casa, Vitória está histérica. Por sua vez, Júlia tenta manter a calma e observa que era bom terem um contato na polícia para fazerem desaparecer a multa. Garante à filha que vai resolver tudo.

Num hotel, Margarida, Marta e Gustavo arrumam as suas coisas e decidem procurar casa. Marta e Gustavo oferecem dinheiro à mãe mas ela recusa pois quer ser ela a resolver a situação. Por fim, Gustavo aconselha-a a ir falar com um advogado.

Jacinta vê com nostalgia um álbum de fotografias mas fecha-o quando Carmo entra. Conversa com a neta sobre a venda do monte e esta quer ficar com algumas coisas do pai. Adelaide junta-se à conversa e afirma que os outros filhos também vão querer coisas para si.

Rodrigo e Paulo fazem a emissão na rádio e Vitória está nervosa pois vai fazer a emissão, pela primeira vez, mas disfarça o melhor que pode. Dá as notícias muito concentrada e Paulo fica satisfeito com o seu desempenho.

Diana ouve a emissão mas obriga-se a desligar pois não pára de pensar em Rodrigo.

Fernando e Júlia também ouvem a emissão e Fernando acha que Vitória esteve muito bem. No entanto, Júlia não está com a cabeça ali e quando este a tenta beijar, Júlia esquiva-se subtilmente. Falam de Nestor e da sua saúde.

Paulo elogia Vitória pela emissão mas observa que não gostou que ela o tenha deixado pendurado. Vitória pede-lhe ajuda para se livrar da multa e este admite que tem um amigo polícia. Gil e Rodrigo observam Paulo e Vitória a conversar e comentam que Vitória foi promovida por se deitar com o chefe.

Deolinda e Jacinta conversam e esta pergunta à empregada se nunca teve receio que Raimundo a traísse quando estavam longe um do outro. Deolinda afirma que tem isso muito bem resolvido e percebe que Jacinta lhe esconde algo.

Na praia, Raimundo apanha amêijoas. André repara nele e fala com o recrutador de emigrantes que explica que aquela praia é quase deles mas ainda lá aparecem alguns de fora.

Naomi fica indignada com a postura de Carmo. Não percebe se a patroa acredita ou não que foi assaltada ou se acha que ela roubou o dinheiro da caixa. Gustavo interrompe a conversa para ajudar a namorada. A sós, Naomi conta a Gustavo que Carmo quer que ela pague o valor roubado ou vai despedi-la. Afirma que tem o seu orgulho e dignidade e que também não quer ficar num sítio onde não confiam nela.

Focada na fisioterapia, Marta tenta andar nas barras mas sente muitas dores. A fisioterapeuta ajuda-a e Marta consegue dar alguns passos.