“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

61º Episódio (12 a 18 de novembro)

Na igreja, o pastor consegue convencer Jacinta a ser ligada a um polígrafo para se purificar dos seus males e assim conseguir entrar no grupo dos Grandes Escolhidos. Jacinta vai revelando vários segredos seus até que conta que a sua neta Carmo é doente por sua culpa, quando ela era pequena deixou-a cair, criando lesões irreversíveis.

Rui vai buscar sushi para si e para Martim mas este não gosta e acha que ele não deve esbanjar tanto dinheiro.

Deolinda procura as raspadinhas e fica furiosa ao saber que Raimundo as deu a Rui. Clara chega e conta que brevemente os pais estarão a salvo pois Celso emprestou-lhe dinheiro das suas poupanças. Raimundo e Deolinda vão a correr certificar-se se têm o dinheiro escondido e ficam aliviados ao ver que sim.

Na igreja evangélica, o pastor vai ter com Jacinta pois notou-a ausente. Fala compreensivo com ela e oferece-lhe a possibilidade de ascender ao grupo dos Grandes Escolhidos. Esta ouve interessada.

Júlia agarra no livro esotérico e prepara-se para sair de casa, vestida de preto. Fernando chega a casa e ela disfarça, falando do julgamento de Vitória. Fernando vai para o quarto e Júlia sai.

Aida entra à socapa na casa antiga de Júlia e dirige-se aos quartos. Pega numa peça de roupa de Júlia e guarda no saco, antes de sair.

No hospital, Diana está ligada ao monitor de sinais vitais e dorme. João está com ela quando recebe uma chamada de Adelaide e partilha com a mãe que Diana está mal.

Jacinta ouve a conversa de Adelaide e não percebe como é que a filha não vai apoiar o filho no hospital. Adelaide chama a atenção da mãe pois ela não nunca foi uma boa mãe e por isso não pode dar lições de moral.

O médico traz os resultados dos exames de Diana e nada justifica as dores de cabeça que ela tem. Por segurança, acha melhor Diana passar a noite no hospital.

Aida junta a peça de roupa de Júlia com velas, alguns pós, líquidos e junta umas gotas do seu sangue enquanto reza para libertar Diana de todo o mal. Pega fogo a tudo e continua a rezar.

Em Sintra, Júlia também faz um ritual contra Diana, no centro de um pentagrama. Albano está debilitado como nunca o vimos. Quando Júlia termina, tudo desapareceu e ela grita desesperada.

No hospital, Diana desperta, cheia de energia e de fome, sem dores nem dormências e João fica animado por vê-la tão bem.

Jacinta fica feliz por Diana estar melhor enquanto Carmo provoca Adelaide com o seu namoro com Celso. Depois de Carmo sair, Adelaide repreende Jacinta por superproteger a filha e observa que isso só a prejudica. Nestor está de acordo que protegeram Carmo demasiado.

Jacinta entra na cozinha a chorar e disfarça diante de Deolinda. Esta fala de assuntos seus e Jacinta finge que ouve o que ela diz mas apressa-se a sair e deixa Deolinda a falar sozinha.

Raimundo entra em casa e encontra Giacomo sentado no seu sofá. Este fica assustado mas Giacomo deixa bem claro que está ali com uma proposta para ele. Fala da tatuagem que Raimundo esconde e mostra-lhe uma fotografia sua antiga, mostrando saber sobre o seu passado. Raimundo fica agitado com aquele encontro.

Celso acaba de atender um cliente quando Carmo entra na loja e refere que passou a noite a pensar nele. Quer compensá-lo por não ter conseguido fazer amor com ele. Sem que nada o faça prever, Carmo desmaia e começa a ter convulsões. Celso ajuda-a enquanto Luís manda as pessoas embora da loja. Quando recupera, Carmo sente muita vergonha e sai dali.

Na igreja, o pastor consegue convencer Jacinta a ser ligada a um polígrafo para se purificar dos seus males e assim conseguir entrar no grupo dos Grandes Escolhidos. Jacinta vai revelando vários segredos seus até que conta que a sua neta Carmo é doente por sua culpa, quando ela era pequena deixou-a cair, criando lesões irreversíveis. O pastor da igreja finge-se compreensivo e solidário com Jacinta mas ela culpa-se.

Adelaide interroga André para saber se ele contou a alguém sobre o caso deles e André explica que não. É casado e não tem qualquer interesse em que se saiba da sua infidelidade. Adelaide aconselha-o a estar atento a Vera e aos colegas e beija-o sedutora.

Sem que ninguém veja, Vera coloca uma garrafa de whisky na mala de André. Quando este regressa ao gabinete fica perturbado ao ver aquilo. Abre o portátil e ainda fica mais agitado ao ver a sequência numérica. Por sua vez, Vera finge trabalhar concentrada.

Em Itália, Camila acorda quando Leonor entra no quarto. Esta chora e não aguenta mais estar ali, prefere morrer a continuar ali. Declara diante de Camila que têm de fazer alguma coisa ou ficarão ali para sempre.

Durante a emissão, Rodrigo passa a palavra a Vitória para ela dar as notícias. Vitória bloqueia e Rodrigo safa-a fazendo a sua parte. Depois de saírem do ar, Paulo entra, furioso, no estúdio e ralha com Vitória. Perturbada, ela vai embora e Rodrigo acha que ele exagerou.

No gabinete de Paulo, Vitória explica que vai ser chamada a julgamento pelo atropelamento de Marta. Paulo comenta que ela tem de aprender a separar a sua vida pessoal fora da rádio e tranquiliza-a, dizendo que nada de mal lhe vai acontecer.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close