“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

221º Episódio (29 de abril a 5 de maio)

A PJ diz a Gonçalo que Nelson está a ser investigado por tráfico de droga e Gonçalo controla o melhor possível a sua ansiedade. Declara que vai despedir Nelson e o PJ responde que Nelson não está sozinho e insinua que utilizam a Somecel como fachada para negócios ilícitos.

Alice discute, irritada, com João porque este contou a Carmo sobre o contrato que eles fizeram. Avisa-o que deve cumprir a sua parte e assim ganharão os dois.

Gonçalo faz uma vídeochamada com o traficante de armas e, infelizmente, não vai poder encontrar-se com ele, pessoalmente, em Paris. Júlia interrompe e Gonçalo disfarça. Ela pede-lhe que confie nela mas Gonçalo não quer falar.

Diana ouve uma conversa entre Nelson e Lucas. Nelson não está satisfeito com o dinheiro que Lucas entrega e avisa que o patrão não vai gostar disso. Lucas precisa de mais tempo porque ficou sem produto para vender.

Nelson sai da mercearia e faz um telefonema. Marca um encontro e Diana que ouve tudo, decide segui-lo.

Na casa de chá, Júlia toma o pequeno-almoço com Gonçalo está preocupada com Vitória e Gustavo. Quando ela se levanta da mesa para atender uma chamada, um homem vai ter com Gonçalo e Hamad se quer encontrar com ele. Entrega-lhe um bilhete com as indicações de como chegar até ele mas Gonçalo recusa falar com traidores.

Diogo toca violino na rua quando uma pessoa finge que vai colocar dinheiro na caixa mas , num gesto rápido, fecha-a e sai a correr. Diogo tenta correr atrás do ladrão mas não consegue apanhá-lo.

Na rádio,Vitória queixa-se irritada, a Clara que Marta não a deixou ver Gustavo em supostamente, ele está doente. Vitória acha que ele está a fugir dela e tenta ligar novamente, sem sucesso.

Marta está feliz por ver que o irmão está melhor. Depois de sair, Aida conversa com Gustavo e explica que ele já está limpo. Ele recorda Naomi e Aida refere que a sua filha ainda gosta dele e que esses sentimentos não morrem. Gustavo vê enfadado as mensagens de Vitória.

Marta desabafa com António que não se sente preparada para fazer a campanha de publicidade e pensa qual seria a opinião da sua mãe. António sugere que ela pense no que realmente quer e a resposta virá por si.

Nelson diz a Gonçalo que Lucas não consegue cumprir o acordado e não tem mesmo o dinheiro. Gonçalo responde que se Lucas não consegue pagar o que deve, corta-se o mal pela raiz.

Diana vai falar com um inspetor da PJ e conta que Nelson está metido num esquema de tráfico de droga. Explica ainda que ele trabalha para a Somecel que é a empresa de Gonçalo e este também está implicado nisso. Pede que investiguem tudo.

Gustavo termina o namoro com Vitória e declara que sabe o que lhe fizeram para o prender. Vitória fica furiosa e acusa-o de a ter usado. Gustavo é indiferente e faz as malas com intenção de ir atrás de Naomi. Por fim, diz a Vitória para avisar a sua mãe que a bruxaria não funcionou.

Martim estuda a história que Celso inventou quando Sara vem ter com ele e quer saber se está tudo pronto para abrirem o restaurante. Ao perceber que ele tem outro trabalho fica descontente mas Martim promete que isso não vai interferir com nada.

Pedro e Carmo conversam, cúmplices, no estaleiro. Adelaide interrompe e Pedro sai. A seguir, Adelaide avisa a filha para ter cuidado porque quando Sofia souber da relação deles, pode arranjar problemas.

Na casa de chá, Jacinta entorna sem querer café para cima de Luís. Deolinda fica sem palavras ao ver os abdominais dele e, por sua vez, deixa cair o bolo que trazia consigo. Jacinta desculpa-se e quer compensar Luís.

Raimundo e Nestor conversam e Raimundo deixa escapar que o seu casamento está em crise mas não entra em pormenores. Nestor conta que teve a ideia de patrocinar a escola de futebol do bairro.

O agente da PJ avisa Nelson que foi feita uma denúncia e que o nome dele está metido ao barulho em relação ao tráfico de droga. O seu disfarce pode estar comprometido e exige que apanhem Gonçalo depressa. Ou Nelson arrisca ou volta para a prisão.

Diana conta a Rodrigo que fez uma denúncia e este acha que ela se precipitou pois não tem provas concretas de que Gonçalo esteja envolvido nisso.

Na Somecel, Idalina fala ao telemóvel quando aparece o agente da PJ e mostra a sua identificação. Ela fica nervosa e desliga a chamada para avisar, de imediato, Gonçalo que está ali a Polícia Judiciária.

Já no gabinete de Gonçalo, o PJ diz a Gonçalo que Nelson está a ser investigado por tráfico de droga e Gonçalo controla o melhor possível a sua ansiedade. Declara que vai despedir Nelson e o PJ responde que Nelson não está sozinho e insinua que utilizam a Somecel como fachada para negócios ilícitos.

Dois agentes da PJ vão a casa se Leo para interrogar Lucas. Leo defende o amigo que nega ter alguma coisa a ver com Nelson ou Gonçalo. Os agentes decidem levar Nelson com ele e Leo fica muito alterado com isso.

Furioso, Gonçalo aponta uma arma a Nelson que, em pânico, explica que não fez nada se mal e também está a ser investigado. Gonçalo exige que Nelson resolva o problema através dos seus contatos da polícia.

Vitória reclama com Júlia porque Gustavo acabou tudo com ela e foi ter com Naomi a Espanha. Ainda por cima, mandou recado para ela a dizer que o feitiço não funcionou. Júlia percebe que Aida deve ter ajudado Gustavo.

Em Madrid, Gustavo surpreende Naomi e explica que foi vítima de uma amarração e que Aida o ajudou a limpar-se. Reforça que adora Naomi mas ela não consegue esquecer o que aconteceu. Gustavo quer começar de novo e Naomi cede e beija-o.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close